Transformação Digital

Quais tecnologias vão transformar a cadeia de suprimentos?

05/06/2020

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Inteligência Artificial e Blockchain vão permitir que empresas da cadeia de suprimentos tenham uma visão única dos processos.

Empresas de todas as indústrias enfrentam um problema em comum: a falta de dados em tempo real da cadeia de suprimentos. O problema não é recente e a jornada de transformação digital tem mostrado que esse ainda será um grande desafio para empresas de diferentes setores.

Da dependência de formulários em papel da indústria de manufatura ao tempo de resposta de recalls na indústria alimentícia, uma coisa é certa: as empresas precisam de transparência em toda a cadeia de valor para reduzir, mitigar e eliminar erros.

Vamos pegar o cenário atual: com a pandemia do coronavírus e o isolamento social, a demanda de compras on-line aumentou e isso expôs a desorganização de algumas cadeias de suprimentos.

A demanda por mantimentos, itens de saúde e bem-estar e entregas de diferentes tipos de produtos teve um aumento repentino, muito além do comportamento dito “normal” dos consumidores. E todo pedido acima da demanda normal exige mais da cadeia de suprimento.

Quando analisamos essa tensão nas cadeias de suprimentos fica clara a necessidade de apostar em tecnologias como Inteligência Artificial e blockchain para revolucionar a tomada de decisões de negócios durante uma crise.

Interrupções e riscos: as dificuldades da cadeia de suprimentos

A situação é a seguinte: uma loja de e-commerce preparou uma promoção de Smart TVs com 50% de desconto. A demanda grande acabou com o estoque e era preciso fazer a reposição para garantir que todos que compraram recebessem o produto.

Então, a empresa realiza um novo pedido de reposição de Smart TVs com previsão de entrega no próximo dia. Mas, no trajeto até o centro de distribuição do e-commerce, o caminhão é alvo de bandidos e toda a carga é roubada.

Já viu a bola de neve que isso vai virar, não é? Esse é só um exemplo de como interrupções são comuns na cadeia de suprimentos. Remessas atrasadas geram prejuízos na receita, nos processos operacionais e na relação com o cliente.

Essa é a realidade de 85% de líderes de supply chain, como aponta a pesquisa “Digitally Perfecting the Supply Chain” da consultoria Frost & Sullivan com a IBM. Para esses executivos, é extremamente difícil prever e gerenciar proativamente essas interrupções e riscos.

Ainda mais quando eles precisam de informações confiáveis, completas e precisas para terem visibilidade em toda a cadeia de suprimento. Atualmente, esse é o maior desafio para 84% dos líderes entrevistados na pesquisa.

Como Inteligência Artificial vai impactar o supply chain?

Soluções de Inteligência Artificial são usadas na tentativa de mitigar problemas e notificar quando algo de errado pode acontecer. Isso porque o algoritmo vai utilizar ferramentas que vão analisar diversas condições, entre elas:

  • Condição do clima.
  • Estoque esgotado.
  • Tendências sociais.
  • Notícias.
  • Atrasos de remessa.
  • Duração do trajeto.

Vamos voltar ao e-commerce citado no início desta publicação, mas em outro contexto. O pedido de reposição dos televisores foi feito, mas o operador de logística do fornecedor usou uma plataforma IA para ver a previsão do tempo durante o trajeto de entrega.

A solução identifica um possível temporal que vá afetar as estradas. Assim, esse profissional tem ajuda da tecnologia para prever atrasos e notificar o e-commerce antecipadamente. A loja, então, pode traçar uma estratégia para evitar a insatisfação do consumidor.

Essa jornada de inovação parece simples. Entretanto, a adoção de Inteligência Artificial ainda intimida muitas empresas. Por isso, muitas buscam dividir suas dores com parceiros de tecnologia para descobrir, definir e avaliar uma solução de IA.

Quer saber por que é importante adotar uma solução de Inteligência Artificial? Descubra clicando aqui.

Blockchain será uma revolução para a cadeia de suprimentos

Blockchain vai potencializar a cadeia de suprimentos, porque cada transação dentro de uma rede vai ter uma identidade única. Além disso, as informações armazenadas em um bloco não podem ser alteradas e excluídas.

Isso possibilita que uma montadora com um recall de peças defeituosas faça o rastreamento de forma rápida e abrangente de todos os veículos que precisam voltar às oficinas, ou que um fornecedor de alimentos rastreie um produto em todo seu trajeto, até chegar à fazenda em que a matéria-prima foi produzida.

E essa tecnologia pode auxiliar ainda mais a cadeia de suprimento ao apoiar o gerenciamento de fornecedores, seja ajudando na avaliação desse parceiro ou habilitando a visibilidade total dos dados trocados entre os nós da rede.

O blockchain tem a habilidade de construir uma rede entre os participantes da cadeia de valor, enquanto ainda controla o tipo e a segurança dos dados compartilhados.

Como esses dados são imutáveis, é possível avaliar a confiança de um fornecedor, acelerando o tempo de sua incorporação à operação. Além disso, a natureza transparente do blockchain possibilita que todos os pontos da cadeia de suprimento — distribuidores, fornecedores de matéria-prima, consumidores e vendedores — tenham visibilidade total do que é trocado ali.

Permitir o compartilhamento de informações de maneira transparente entre todos os agentes é fundamental para o sucesso de uma operação.

No fim, os dados são essenciais

Quanto maior o volume de dados que alimenta a Inteligência Artificial e Blockchain, maior será o “retorno” em forma de valor para os negócios. Um grande diferencial é a habilidade dos líderes em aplicar análise de negócios para ter insights que vão agilizar a cadeia de suprimentos.

As informações precisam ser encontradas, entendidas e aplicadas rapidamente por esses gestores. Ou seja, elas devem ser democratizadas e não mais restritas a um determinado departamento, que terá a responsabilidade de agrupá-las e traduzi-las para os líderes.

Essa democratização vai abrir um caminho: maior uso de tecnologias para prever cenários e detectar anomalias, mitigando possíveis problemas e garantido um cliente satisfeito.

Principais destaques desta matéria

  • Cadeia de suprimentos encontra dificuldade em integrar e democratizar informações.
  • No entanto, Inteligência Artificial e Blockchain podem mudar esse cenário.
  • Motivo é que empresas terão uma visão única de todos os processos e insights para analisar tomada de decisão.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *