Transformação Digital

Quais os desafios de inovação das PMEs em tempos de crises?

13/04/2020

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Ser digital virou mais que necessidade nos últimos meses. Com a pandemia do coronavírus, muitas empresas precisaram apostar ainda mais na adoção de tecnologias para evitar prejuízos. Mas, ao olhar para as pequenas e médias empresas (PMEs), quais os desafios de inovação elas encaram nesse cenário?

Um dos principais desafios é o limite orçamentário, que acaba refletindo na jornada de transformação digital desses empresários.

Segundo relatório do fim de 2019 da Capterra, diretório de softwares e braço da consultoria Gartner, muitas PMEs ainda estão nos estágios iniciais e intermediários da transformação digital de seus negócios, como é possível ver abaixo:

• 19% estão na fase inicial, ou seja, adotaram novas tecnologias. Porém, os processos continuam iguais.
• 46% dizem estar na fase intermediária. O que significa que já possuem tecnologias e começaram a mudar recentemente os modelos de negócio.
 8% se consideram em fase avançada. Isso quer dizer que já reinventaram o modelo de negócio.
• 22% estão na fase “além do avanço”. Significa dizer que usam tecnologias de forma estratégica e como diferencial competitivo.
 4% não iniciaram a jornada de digitalização.
• 1% não soube responder o que é a transformação digital.

Outro destaque é o papel da computação em nuvem para a transformação digital. Do total de pequenos empreendedores entrevistados, 94% têm algum conhecimento sobre softwares e soluções em nuvem.

Quais outros desafios de inovação da PMEs?

Além da questão do orçamento (35%), as empresas de pequeno e médio porte encaram outros freios na transformação digital dos negócios.

Por exemplo, 34% precisam lidar com a falta de conhecimento técnico dos líderes ou da equipe quanto a adoção de tecnologias. A cultura da empresa (12%), tecnologia legada (9%) e burocracia interna (8%) também são outros desafios de inovação.

E ainda existe um desafio novo: as PMEs precisam lidar com a adequação à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Embora a lei passe a valer somente em 2021, uma outra pesquisa da Capterra, realizada em fevereiro deste ano, mostrou que 24% das PMEs desconhecem sobre a LGPD.

Aliás, se você se enquadra nesses 24%, este post blog do Mundo + Tech, você entende por que é preciso dar continuidade da jornada de adequação.

A complexidade da legislação foi uma grande barreira para as PMEs que finalizaram o processo de conformidade (82%) e para as que caminham ainda nesta jornada (59%). Já o trabalho de adequação teve a responsabilidade do time de TI, do time legal ou uma parceria entre os dois.

Nuvem é a chave da transformação digital das PMEs

As pequenas e médias empresas são muito importantes para a nossa economia. Para se ter uma ideia, em 2019 somente os pequenos negócios criaram 731 mil vagas formais de emprego. Assim, com a adoção de tecnologias, elas conseguem agilizar a prestação de serviço, reduzindo também os custos de manutenção e operação.

Se olharmos para a computação em nuvem, as PMEs conseguem expandir seus recursos tecnológicos de acordo com as necessidades, sempre alinhadas ao crescimento do negócio e de novas demandas.

Muitos empreendedores já olham para a tecnologia, ainda que o investimento não seja o ideal (quando comparados com outros países).

Ao analisar o cenário de software na nuvem, 52% das PMEs utilizam Google docs/G-Suite no dia a dia, enquanto 85% fazem uso de aplicativos móveis. Essa adoção de ferramentas na nuvem, aborda a Capterra, “nem sempre é percebida como uma transformação substancial”.

Em tempos de quarentena e home office, são ferramentas que, para as PMEs, trazem produtividade e eficiência já que vão permitir realizar atividades que antes exigiam a presença física do colaborador no escritório, por exemplo.

Outro exemplo é a adoção do WhatsApp Business e Instagram para atingir e fidelizar novos clientes e, assim, encurtar a distância para a venda de um produto ou serviço ao consumidor.

Vença os desafios de inovação com a própria tecnologia

Por mais que muitas PMEs achem que adotar tecnologia seja uma realidade distante, o pensamento deve ser justamente o contrário. É possível obter resultados utilizando as ferramentas que estejam na nuvem.

Vale destacar que os desafios de inovação podem ser encarados através de parcerias com consultorias e empresas especializadas, como a Embratel.

Como você já deve ter percebido, a transformação digital é uma jornada desafiante. E esse caminho pode ser facilitado se você conseguir identificar quais são as necessidades mais urgentes e qual a tecnologia mais indicada para essas dores.

Principais destaques desta matéria

  • PMEs têm grandes desafios de inovação, como orçamento e LGPD.
  • Pesquisa da Capterra mostra que elas ainda estão em estágios iniciais da transformação digital.
  • Adoção da computação em nuvem pode ser o passo inicial da jornada de inovação das PMEs.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *