Transformação Digital

Conheça as 7 etapas para uma transformação digital de sucesso na indústria

01/07/2020

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Estratégia de transformação digital deve ir além da adoção de uma tecnologia e contemplar outros fatores, como propósito e cultura organizacional

Uma estratégia de transformação digital vai solucionar desafios de negócios e criar novas oportunidades com o uso de tecnologia. No entanto, isso exige também novos formatos de trabalho e o cliente no centro para que os produtos e serviços agreguem valor.

Muitas organizações acreditam ter iniciado essa jornada de digitalização ao adotar tecnologias, como a computação em nuvem. Mas, nem sempre conseguem executá-la com êxito.

Uma pesquisa de 2017 realizada pela Wipro Digital, com 400 executivos norte-americanos, mostra que metade dos entrevistados não consideraram ter sucesso na execução de sua estratégia de transformação digital.

De acordo com a pesquisa, mais de um terço dos líderes ouvidos cita a falta de uma estratégia de transformação digital clara como um dos obstáculos paro aproveitar todo o potencial digital de seus negócios.

O que é uma estratégia de transformação digital

O conceito de transformação digital não é novidade, mas você sabe o que envolve no desenvolvimento de uma estratégia? É criar um plano detalhado para abordar os desafios gerados pela convergência dos mundos físicos, digital e humano, como define Nancy White, a autora deste artigo publicado pela PTC, companhia de soluções em tecnologia especializada no setor industrial.

Ser digital, escreve a autora, não está limitado à adoção de tecnologias, como pode parecer. Na verdade, é roteirizar essa jornada de transformação a curto e longo prazo, mas guiado por resultados de negócios. “É a base essencial”, afirma Nancy.

Com a definição do conceito em mãos, é hora de conhecer as 7 etapas que vão te ajudar a desenvolver uma estratégia de transformação digital de sucesso na indústria.

1. Defina o motivo de ser digital

A transformação digital é um conceito que pode ter diferentes significados para muitas pessoas. O que acontece em muitas empresas é que elas adotam determinada tecnologias. Porém, a discussão sobre qual o seu propósito, qual o resultado esperado acontece após a implementação.

Se você não quer ver um projeto de digitalização falhar, basta seguir o caminho inverso. É preciso mapear quais as necessidades da sua empresa e os objetivos de negócios. Após identificar esses pontos, é hora de começar a construir uma estratégia.

Essa estratégia, explica Nancy, pode iniciar com uma pergunta: o que eu quero para a minha empresa nos próximos cinco ou dez anos? É mais eficaz começar a transformação inicial a partir dessa resposta do que simplesmente adotar uma tecnologia qualquer.

Isso porque sua empresa terá definido as prioridades corretas, assim como o valor comercial. Vale lembrar também que essa jornada exige uma postura proativa de executivos C-Level. São eles que vão puxar a transformação cultural necessária para a digitalização da empresa.

2. Prepare-se para a mudança cultural

Como explica a autora, “não é a tecnologia que está no coração da transformação digital, são os humanos”. É comum uma certa resistência à mudança e os líderes devem encontrar saídas para lidar com essa situação.

Até porque, ao identificar o motivo de ser digital e encontrar a tecnologia adequada, a rotina de todos será transformada. Então, desenvolver um pensamento de equipe e se aproximar dos representantes de cada área da empresa serve como o início de uma forte governança.

3. Comece de forma pequena, mas estratégica

A transformação digital é uma jornada e não um evento, com uma data para terminar. Portanto, a identificação daquele projeto que irá virar a primeira prova de conceito é crucial. É o que preparará o terreno para futuras iniciativas – e ajudará a obter adesão de mais pessoas.

Leva-se tempo para uma transformação acontecer. Por isso, comece por uma iniciativa que seja ao mesmo tempo impactante e mensurável. É melhor apostar em um projeto que mostre resultados em até seis meses.

Um abordagem bem-sucedida, de acordo com a PTC, é considerar a jornada de forma modular. Olhando a indústria como exemplo, um projeto piloto pode ser realizado em uma fábrica e, depois que ele demonstrar valor, escalá-lo para outras unidades.

4. Mapear a implementação da tecnologia

Sabe qual a fórmula para saber se seu projeto de jornada digital não está indo bem?

Nova tecnologia + Operações antigas = Operações antigas caras

Perceba que nas três etapas anteriores, aspectos tecnológicos não foram abordados, mas sim a definição de um propósito, mudanças culturais e por onde começar. Tudo isso tem um motivo bem evidente: a estratégia de transformação digital deve ter uma visão de negócios.

Escrito isso, com as três primeiras etapas definidas, é hora de escolher qual tecnologia vai se tornar uma ferramenta ou alavanca necessária para que você alcance os resultados desejados.

Se você tem dúvida de qual adotar, um relatório da PTC identificou um conjunto de tecnologias fundamentais para alcançar a transformação digital na indústria. Algumas delas são:

  • Mobile (dispositivos e/ou aplicativos).
  • IoT.
  • Gêmeo digital (simulação virtual da linha de produção).
  • Robótica.
  • Computação em nuvem.
  • Inteligência Artificial e Machine Learning.
  • Realidade Aumentada.
  • Manufatura aditiva (grupo de tecnologia de fabricação digital, como a impressora 3D).

Uma ou mais dessas tecnologias podem ser necessárias para alcançar seus casos de uso iniciais de transformação digital. Algumas delas já podem estar em uso na sua organização, como a nuvem, mas podem faltar estratégias para que elas agreguem valor aos negócios.

Independentemente disso, ter o apoio de fornecedores terceiros – como a Embratel – pode acelerar o tempo de retorno de valor dos investimentos, assim como possibilitar uma parceria de longo prazo.

5. Procure parcerias experientes

Você decidiu qual tecnologia será usada nessa estratégia de transformação digital. Então, é hora de definir quais serão as empresas parceiras nessa jornada. A PTC destaca que é preciso lembrar da visão de futuro. Algumas perguntas podem ser feitas para isso:

  • A tecnologia e o fornecedor suportam o escalonamento?
  • O fornecedor e a equipe compartilham uma visão semelhante para a transformação digital?
  • Eles serão capazes de apoiá-lo em sua estratégia de longo prazo?
  • Como a tecnologia do fornecedor se integra à sua tecnologia existente?
  • Eles têm a tecnologia e o conhecimento certos para seus casos de uso e setor específicos?
  • Que resultados eles alcançaram com casos e aplicativos de uso semelhantes e com empresas similares?

Como pontua a PTC, “quem tem experiência aprendeu com os clientes anteriores tudo o que não deve fazer. E isso é muito valioso à medida que você executa sua estratégia de transformação digital”.

Outro aspecto desta etapa é evitar “soluções pontuais”. Ou seja, uma tecnologia que resolve os problemas de um departamento, mas não é a correta para escalar em toda a empresa.

Com tudo isso, procure fortalecer suas principais competências buscando parceiros que complementem seus pontos fortes e entendam seus negócios.

Encontrar parceiros como a Embratel vai acelerar os resultados e impulsionar as próximas etapas para que você alcance as metas da transformação digital.

6. Reunir feedbacks para aprimorar a estratégia conforme necessário

Já nas últimas etapas da estratégia de transformação digital, você tem a definição de um caso de uso, da tecnologia a ser utilizada e uma empresa parceira para esta jornada.

Portanto, é importante definir os principais indicadores de desempenho (KPIs) para o projeto. Todos os envolvidos precisam estar cientes do que será medido ou do que precisa ser entregue para o sucesso dessa missão.

Além disso, faça rodadas de feedback com os envolvidos para garantir que todos estejam aprendendo com a experiência.

7. Escale e transforme

Aproveite o momento que a empresa estiver colhendo os primeiros resultados de uma iniciativa de transformação digital para ganhar adeptos e abrir o caminho para escalá-la em outras áreas ou experimentar o uso de outras tecnologias que podem trazer mais benefícios para a trinca produtos, processos e pessoas.

Tenha em mente que a digitalização é diferente para cada organização. Daí a importância de ter uma estratégia para entender onde e como as mudanças são mais eficazes na sua empresa.

Principais destaques desta matéria

  • Transformação digital vai além da adoção de tecnologias.
  • É preciso inicialmente definir um propósito, reavaliar cultura organizacional e identificar por onde começar.
  • Ter parceiros experientes é fundamental para esse processo.
  • Confira 7 etapas para você desenvolver uma estratégia de transformação digital para o seu negócio.



Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *