Transformação Digital

Como melhorar a tomada de decisão com uma solução Wi-Fi Seguro?

26/02/2021

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Solução Wi-Fi Seguro da Embratel fornece segurança, estabilidade e um portal analítico para que as empresas possam conhecer melhor seus clientes.

Você, provavelmente, já chegou em um consultório médico e perguntou qual era a rede Wi-Fi disponível para conectar e poder usar os aplicativos do seu smartphone enquanto esperava pelo atendimento.

Ou então, antes de embarcar num voo, preencheu seus dados na rede do aeroporto para trafegar gratuitamente na internet por um tempo. Já em um supermercado, conectou-se à rede Wi-Fi local para pesquisar produtos enquanto fazia compras.

Por trás desses exemplos, um pensamento é bem comum: você quer se conectar à internet fixa para economizar no seu pacote de dados móveis. No entanto, se você possui um negócio de qualquer porte e setor, sabe o que essas três situações podem fornecer para a sua empresa?

Dados de acesso!

Já existem no mercado soluções Wi-Fi capazes não só de garantir a segurança e estabilidade das conexões, mas de prover um dashboard analítico para as empresas. Essa possibilidade de extrair insights vai dar a elas um maior conhecimento sobre quem é o cliente que acessa sua rede.

É o caso do Wi-Fi Seguro, solução da Embratel. Ela tem, como vantagem competitiva, a visibilidade dos dados coletados de quem está conectado à rede Wi-Fi do seu negócio. Assim, sua empresa pode traçar as melhores estratégias para:

  • Implementar políticas de acesso;
  • Analisar o comportamento dos clientes;
  • Customizar as interações com os consumidores;
  • Proporcionar uma melhor experiência do usuário.
« 1 de 5 »

Por que ter uma solução Wi-Fi Seguro?

Cabear toda uma empresa para garantir conexão de qualidade não é tarefa fácil. É um serviço que, além de ocupar algumas linhas do orçamento de uma empresa, pode durar mais do que o cronograma previsto por precisar mexer na infraestrutura do local.

Em um escritório de advocacia, além dos cabos precisarem conectar uma quantidade grande de notebooks e computadores, esses dispositivos precisam de um switch* para conversarem entre si e cada pessoa conseguir acessar arquivos no servidor, por exemplo. Sem contar também na adoção de soluções de segurança, como um firewall, para evitar acessos não autorizados aos sistemas e um possível roubo de dados.

*Nota da redação:
Um switch de rede é um componente que vai conectar todos os notebooks, computadores, impressoras, pontos de acesso sem fio e servidores, permitindo a comunicação e o compartilhamento de informações entre todos os usuários.

Daí a necessidade de pensar em investir numa rede Wi-Fi corporativa. Diferentemente da residencial, “o equipamento corporativo é feito para suportar mais usuários – de 30 a 50 sem apresentar quedas ou intermitências”, explica Leandro Melchiori, gerente de produtos de segurança da Embratel.

No caso, um access point corporativo tem suas vantagens. Uma delas é criar diferentes SSiDs (Service Set Identifier ou Identificador de Conjunto de Serviços, em tradução livre) – uma rede interna e outra para visitante.

Em resumo, os SSiD serão os nomes que as redes terão para cada público – colaboradores e clientes. Separar o acesso para funcionários é até uma camada a mais de segurança, já que vai evitar logins não autorizados ao sistema.

Abordando o tema segurança, uma rede Wi-Fi corporativa conta com firewall, protocolos e filtro web para evitar ataques cibernéticos. “O access point (dispositivo de rede que leva o sinal de internet) consegue filtrar as ameaças antes mesmo que elas cheguem ao sistema”, diz Melchiori.

Como aproveitar os dados para criar estratégias?

A solução Wi-Fi Seguro Embratel pode ser definida como uma rede sem fio e com um portal analítico. Para as empresas, é a possibilidade de gerenciar diversas características de acesso às redes, mas sem renunciar à estabilidade e à segurança da conexão.

Um dos diferenciais competitivos é o portal de gestão de clientes. Ele pode ser customizado, permitindo criar uma interface de login dos visitantes com a identidade visual da empresa. Ainda é possível definir quais dados serão coletados dos clientes que irão acessar a rede Wi-Fi:

  • CPF;
  • E-mail;
  • Número de telefone celular;
  • Campos personalizados;
  • Autenticação via redes sociais.

Vale destacar que a solução está em conformidade com o Marco Civil da Internet (os dados de acesso ficam armazenados por até um ano) e com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) – possibilitando inserir um termo de aceite do serviço.

Melchiori dá dois exemplos de como o Wi-Fi pode ser usado: “Um restaurante pode oferecer uma conexão Wi-Fi e, com os dados inseridos por uma pessoa, saber se ela é cliente recorrente. Dessa forma, o estabelecimento pode oferecer um cupom de desconto ao completar 10 refeições. Outro exemplo é identificar em qual dia os clientes são mais atraídos pelo cardápio. Ter essa visão permite ao negócio criar campanhas de marketing mais específicas.”

Há ainda a possibilidade de “entender a taxa de conversão, o tempo médio, dia e horas mais movimentados em frente ao restaurante sem coletar dados”, diz o gerente. Isso porque a solução usa as antenas para monitorar a distância de um celular até a base Wi-Fi do estabelecimento, mesmo se o dispositivo não estiver conectado.

Deixando o seu Wi-Fi inteligente em 3 passos

Garantir uma boa conexão para os colaboradores e clientes é imperativo, ainda mais quando muitos têm usado vários dispositivos para trabalhar ou ter acesso a produtos e serviços. Com os benefícios de ter um Wi-Fi inteligente já citados no tópico anterior, agora é momento de saber como tê-lo em sua empresa.

No caso do Wi-Fi Seguro da Embratel, o modelo de contratação é baseado em serviço, ou seja, você vai pagar somente pelo uso. Dessa maneira, comenta Melchiori, os especialistas da Embratel farão a instalação física dos access points para ativar a rede corporativa.

O segundo momento será de configuração, em que o próprio time da sua empresa pode definir os parâmetros de acesso. Essa demanda é feita diretamente no portal desenvolvido para a solução.

Em seguida, é preciso garantir a segurança das informações da sua empresa. O portal conta com diversas funcionalidades em que é possível monitorar todas as redes configuradas, analisar a presença (pessoas conectadas), gerar relatórios e gráficos para criar campanhas e ações.

É possível filtrar os conteúdos que poderão ser acessados na rede Wi-Fi, controlar aplicações, bloquear sites de alto risco, ameaças phishing e até mesmo fraude. Por exemplo, se há um uso excessivo de banda porque usuários se conectam para baixar conteúdo, a solução permite limitar a quantidade que cada pessoa tem para utilizar navegadores e aplicativos.

Por fim, com a quantidade de dados de acesso gerados diariamente, ter um Wi-Fi inteligente como a solução da Embratel é uma ferramenta a mais para avançar na jornada de transformação digital. “A solução é rica em informações, tanto para aquela empresa que foca em prover rede estável e segura quanto para a que deseja conhecer melhor seu público”, destaca Melchiori.

Principais destaques desta matéria

  • Wi-Fi Seguro é uma solução da Embratel capaz de entregar dados de acesso à rede de uma empresa.
  • Para os negócios, é a possibilidade de entender seu público e levar melhor qualidade de conexão e segurança.
  • Descubra mais sobre a solução e como ela transformar os negócios.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NEWSLETTER