Transformação Digital

5 prioridades que todo CEO deve ter na jornada da transformação digital

19/02/2020

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Transformação digital vai além da adoção de tecnologias, mas da capacidade do CEO conseguir escalar os projetos de inovação.

Não há como correr da transformação digital. Independentemente do setor que você atua ou do modelo de negócios, o caminho tecnológico escolhido vai determinar o sucesso financeiro da sua empresa.

Mas como você encara essa jornada de transformação? O report “Your Legacy or Your Legend?” da Accenture destaca que toda companhia, hoje, é uma empresa de tecnologia devido a corrida de inovação. Porém, o sucesso delas depende do perfil do CEO.

A Accenture cita três perfis no documento:

  1. O executivo que implementa uma ou duas novas tecnologias em uma ou duas unidades de negócio.
  2. O CEO que faz mudanças maiores e mais ousadas. Elas melhoram determinados setores da empresa, mas só por um momento.
  3. O líder que aplica tecnologias adaptáveis em toda a companhia para que ela consiga evoluir e crescer ao longo do tempo.

Você se identifica em algum desses perfis de liderança? Os dois primeiros encaram o desafio de encontrar valor real dos investimentos em tecnologias. Embora esses CEOs tenham um orçamento específico para isso, não conseguem manter o ritmo de inovação ao longo do tempo.

É o que a Accenture chama de “lacuna na conquista da inovação”: a diferença entre o valor potencial (do investimento em tecnologia) e o valor percebido dos esforços. O problema é que esses projetos dão errado uma vez que CEOs querem um retorno mais rápido dos projetos.

Já o terceiro perfil vai tentar se antecipar às novas tecnologias para entender como elas podem trazer valor para todas as áreas de uma empresa, não se prendendo a apenas uma.

A jornada para a transformação digital da sua empresa

Você já tem em mãos uma grande quantidade de dados. Porém, você sabe quais tecnologias são essenciais para extrair valor deles para transformar a sua empresa? Inteligência Artificial e computação em nuvem são duas que trazem possibilidades quase ilimitadas para criar processos.

No entanto, o que acontece em muitas empresas é o seguinte: uma empresa tenta mudar um processo de um setor apenas com “correções” fáceis. Ou seja, utiliza qualquer tecnologia achando que ela será capaz de resolver o problema daquela área.

Então, se está no seu planejamento escalar inovações entre processos e áreas da sua empresa, a Accenture cita cinco prioridades que um CEO deve ter em mente para ser bem-sucedido na transformação digital.

1. Progresso

Nesta primeira etapa, o que você deve questionar é: quão extensivamente eu devo aplicar novas tecnologias para evoluir os processos de toda a empresa? Pegue como exemplo a Inteligência Artificial e computação em nuvem, que citamos no tópico anterior.

Geralmente os dois primeiros perfis de CEO diagnosticados pela Accenture (e que detalhamos lá no início do texto) decidem aplicar essas tecnologias em poucos processos e nas áreas de marketing e vendas.

Porém, o diferencial competitivo vem do líder que pergunta se essas inovações podem impulsionar outros processos. Esse perfil de executivo vai sempre analisar o investimento de forma mais ampla porque ele não estará apegado aos sistemas já existentes na empresa.

2. Adaptação

Você entendeu como um investimento em inovação pode atingir um número maior de processos. Agora, o momento é de adaptar o orçamento da área de TI para mudar os modelos de negócios existentes na empresa.

Não há dúvidas que a nuvem é a principal tecnologia para essa adaptação. Quando os sistemas da sua empresa estão nesse ambiente, você consegue acompanhar as mudanças do mercado. Por sinal, esta deveria ser a sua prioridade como a de 83% dos CEOs entrevistados pela Accenture.

Esses líderes concordam que é importante desacoplar os dados de um sistema legado. Ou seja, é deixar de ver a nuvem somente como um data center moderno para enxergá-la como uma catalisadora de inovações e, assim, gerar agilidade estratégica.

3. Timing

O timing é crucial em um projeto de inovação. Talvez você já tenha feito a seguinte pergunta: como sequenciar e mapear, de forma adequada, a adoção de novas tecnologias? A dica é identificar quais são fundamentais para uso geral na empresa e priorizar a adoção de acordo com o tempo de implementação e processos.

Não identificar essas tecnologias e como elas vão impactar a empresa como um todo pode criar uma cultura “espere e veja”. Seria como experimentar uma solução, mas sem um planejamento adequado, o que iria diminuir o retorno do investimento.

Outro exemplo dessa cultura é querer adotar uma tecnologia personalizada e específica para um determinado setor. No entanto, escalá-la ou até mesmo integrá-la a inovações de outras áreas não seria viável, resultando em mais investimentos.

4. Força de trabalho humano-máquina

A relação da força de trabalho humano-máquina já foi tema aqui no Mundo + Tech. É um caminho sem volta o uso de tecnologia para aumentar a produtividade de um colaborador. Por isso, entender como gerenciar esses dois lado é essencial na busca pela transformação digital.

O que você pode fazer é usar a tecnologia para tornar o trabalho mais atraente ao mesmo tempo em que obtém ganhos de eficiência. Isso vai fortalecer o relacionamento que a sua empresa tem com o funcionário, melhorando a Employee Experience.

Já outra iniciativa é, com Inteligência Artificial e Machine Learning, entender o quadro de colaboradores. É uma maneira de treiná-los com novas habilidades e competências e, até mesmo, realocá-los para outros cargos.

5. Estratégia

As decisões que você vier a tomar nos quatro primeiros tópicos vão impactar na sua estratégia. A forma como você decidir unir seus investimentos em tecnologia determinará, em última análise, como se preparar para evitar interrupções e aproveitar as oportunidades.

Quando você investe em tecnologias adaptáveis e focadas em humanos, tem a capacidade de criar uma estratégia mais ágil, inovadora e em escala. O resultado será a possibilidade de gerenciar investimentos e rastrear o valor de uma inovação em qualquer área do negócio.

Transformação digital é tomar as decisões corretas

Mas para isso, é preciso planejar cada passo da transformação digital. Só assim você conseguirá estabelecer modelos de negócio inovadores e extrair um valor real dos investimentos feitos nessa jornada.

Você já tem ciência do que pode priorizar dentro da sua empresa, mas vale lembrar que esse projeto não deve ser somente para adoção e aplicação de uma tecnologia. Ele deve ser desenvolvido para criar inovações e escalá-las em todos os setores do negócio.

Principais destaques desta matéria:

  • Transformação digital é mais que a adoção de novas tecnologias.
  • É a possibilidade de o CEO inovar e conseguir escalar as tecnologias usadas nos processos.
  • São 5 as prioridades que uma organização deve considerar ao desenvolver um projeto de inovação: progresso, adaptação, timing, relação humano-máquina e estratégia.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *