5 dicas para criar uma cultura de inovação

5 dicas para criar uma cultura de inovação

Uma cultura de inovação é essencial para as empresas que estão na corrida da transformação digital e querem se manter competitivas no mercado.

A transformação digital é um desafio constante para as empresas. Embora a mudança tecnológica tenha acelerado a disrupção de diversas indústrias, as companhias ainda encaram a dificuldade de criar uma cultura de inovação capaz de trazer agilidade na resolução de problemas, assim como no desenvolvimento de novos produtos, serviços e negócios.

Parte dessa dificuldade é reflexo da ambição das empresas em querer reduzir custos como uma solução para obter maiores lucros. Esse comportamento fez com que departamentos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) das companhias perdessem espaço, resultando também na perda de vantagem competitiva no setor inserido.

Basta observar, por exemplo, o fenômeno das fintechs, com grandes contribuições à inovação. São startups digitalmente nativas que trabalham com metodologias ágeis e têm seu core business focado na experiência dos usuários. Sua entrada no mercado mudou completamente a forma das instituições financeiras levarem suas ofertas aos clientes e, claro, sem perder em receita.

Mas, por sorte, a transformação digital não é uma jornada solitária. Companhias de tecnologia como Amazon, Google e Microsoft têm levado um conjunto de oportunidades em Inteligência Artificial, Machine Learning e outras soluções para pequenas, médias e grandes empresas que estão na corrida da transformação digital.

E como é que Amazon, Google e Microsoft conseguem isso? É que, por trás das soluções desenvolvidas pelos diversos times dessas companhias, elas criaram uma cultura de inovação. É ela que diminui as barreiras à criatividade dos colaboradores, que trazem ideias para trazer alguma resolução para os problemas de outras empresas.

Daí a importância de se apoiar a inovação não somente com tecnologias, mas também com a integração das equipes de diversos setores da sua empresa. É o trabalho colaborativo que não apenas vai desenvolver novos produtos, mas também criar novos processos para garantir que eles cheguem ao mercado.

Cultura de inovação: 5 dicas que você deve considerar para a sua empresa

Ser uma empresa inovadora é criar oportunidades para os times encontrarem soluções que trarão um impacto não só para a organização, mas também para os clientes. Por isso, o Mundo + Tech reuniu cinco dicas de especialistas que mostram alguns caminhos para você desenvolver uma cultura de inovação em sua companhia:

1. Deixe claro quais os objetivos, valores e missões aos times
Seus colaboradores precisam entender como podem contribuir com o seu negócio. Então você deve ser transparente quanto às metas, aos valores e as missões da sua companhia. Para Waguih Ishak, da Corning Research & Development Corporation, você deve deixar claro que são esses profissionais os responsáveis pelo desenvolvimento de processos e soluções. O executivo destaca que eles não devem trabalhar em um ambiente onde o erro, o gasto de dinheiro e de esforço não são permitidos, porque isso não gera confiança.

2. Aliás, não deixe de abraçar as falhas
Quando sua equipe se apoia em metodologias ágeis, é mais fácil colocar um produto no mercado, por exemplo, porque é possível atualizá-lo a partir do feedback dos próprios funcionários e clientes. Embora nem sempre isso aconteça com 100% de sucesso, o fracasso de um projeto deve ser entendido como aprendizado para o sucesso do próximo. Ou seja, os seus colaboradores devem estar cientes que as falhas fazem parte do processo. Por isso um feedback contínuo dos projetos, treinar os membros do time para superar as falhas e compartilhar os aprendizados fazem a diferença em empresa inovadora, aponta Arvind Kappur, da Saggezza.

3. Aprendizado nunca é demais
E os funcionários podem aprender de duas formas: por conta própria ou com o apoio da sua empresa. A segunda opção, em que você pode oferecer oportunidades ou financiamento de cursos, pode garantir treinamento adicional e educação continuada para os seus colaboradores. Se você investe no desenvolvimento e crescimento da carreira dos seus times, você terá maiores chances de retê-los e de ver o seu negócio crescer.

4. A inovação pode estar em setores que não são óbvios
Micah Solomon, especialista em Customer Service, destaca que inovação não é aquela que alcança as “manchetes [dos jornais] como o foguetes de Elon Musk ou Alexa”. Pelo contrário, você pode explicar aos seus funcionários que três áreas essenciais da sua empresa estão maduras para o desenvolvimento de ideias inovadoras: produto (o que você vende ou fabrica), processo (como você fabrica e como você vende) e modelo de negócios (como você conceitua e organiza a sua empresa).

5. Permita a liberdade criativa
Seus colaboradores vão ter inúmeras ideias e às vezes você pode sentir que eles estão ultrapassando barreiras e hierarquias. Mas se você quer que a sua empresa seja inovadora, é preciso abrir esse espaço para que eles consigam expor projetos. Uma sugestão, tanto de Kappur quanto de Ishak, é capacitá-los para que eles consigam tomar decisões e iniciativas em todas as fases de desenvolvimento. Isso vai manter o interesse deles em continuar trazendo novas maneiras de inovar dentro da sua organização.

Principais destaques desta matéria:

  • Cultura de inovação é uma peça-chave para a transformação digital das empresas;
  • Inovar em uma empresa exige participação dos funcionários na hora de desenvolver projetos;
  • Confira cinco dicas de especialistas que podem te ajudar a criar uma cultura inovadora na sua organização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *