O que é computação quântica e por que ela está em alta

Você sabe o que é computação quântica e por que ela está em alta?

Computação quântica consegue simular eventos de forma mais ágil, impactando os negócios. Conheça três setores que podem se beneficiar com tecnologia.

A computação clássica já ajudou cientistas a resolver inúmeros desafios. É graças a ela que você consegue, por exemplo, ler este texto.

Mas alguns problemas são tão grandes e complexos que não existem computadores memória ou processamento suficientes que auxiliem a comunidade a encontrar uma solução.

É aí que entra a computação quântica.

FIQUE POR DENTRO: Computação quântica é uma das tecnologias emergentes listadas pela Gartner

Entusiastas esperam, no futuro, utilizar este conceito para descobrir mais sobre o corpo humano, desenvolver novos medicamentos e até mesmo a cura para algumas doenças.

Enquanto isso não acontece, empresas de tecnologia já investem em computadores quânticos para uso comercial.

Um exemplo é a IBM. Na Consumer Electronics Show 2019, em Las Vegas (Estados Unidos), a companhia apresentou o primeiro computador quântico comercial (ainda que seja um protótipo).

Entendendo o que é computação quântica

A computação quântica é uma tecnologia que utiliza a capacidade de partículas subatômicas de existir em mais de um estado a qualquer momento.

Assim, essas partículas conseguem realizar operações muito mais rápidas e usando menos energia do que os computadores clássicos.

No vídeo abaixo (em inglês), do site da revista Wired, uma especialista em computação quântica explica o conceito de computação quântica para cinco diferentes níveis – de uma criança a um especialista:

Mas vamos a mais alguns detalhes.

Na computação clássica, os computadores manipulam bits individuais. Esses bits armazenam informações no sistema de numeração binário. Ou seja, assumem sempre os valores 0 ou 1.

Por exemplo, a combinação “Mundo Mais Tech” neste sistema, de acordo com um tradutor de código binário, seria:

“01001101 01110101 01101110 01100100 01101111 00100000 01001101 01100001 01101001 01110011 00100000 01010100 01100101 01100011 01101000”

Gigante, não é?

Na computação quântica, o processo é um pouco diferente. O qubit (a versão quântica do tradicional bit) é o responsável em armazenar e manipular essas informações.

Diferente do bit, o qubit pode assumir os valores 0, 1 ou a combinação (sobreposição) dos dois. Mas como combinar 0 e 1?

O jeito mais fácil de ilustrar esta sobreposição é imaginar uma moeda girando no ar antes de cair na mão. Ou seja, se no bit há uma soma de todo 0 e 1, no bit quântico, a sobreposição é uma multiplicação das possibilidades possíveis.

Isso vai permitir a um computador quântico processar exponencialmente mais dados em comparação aos computadores clássicos. Para as indústrias, é possível:

  • Fazer a gestão de investimentos,
  • A mensuração de risco dos negócios,
  • Desenvolvimento de novos materiais,
  • Ter uma previsão meteorológica mais precisa.

Quais são os negócios que a computação quântica pode impactar?

Os computadores quânticos são adequados para resolver problemas matemáticos específicos, como encontrar números primos muito grandes.

A segurança é outro ponto discutido por entusiastas da tecnologia. A computação quântica vai exigir novas respostas a incidentes, como afirma Mário Rachid, Diretor Executivo de Soluções Digitais da Embratel, em entrevista ao Valor Econômico.

No entanto, os sistemas criptografados com essa tecnologia serão muito mais seguros que os sistemas convencionais.

Abaixo, você confere três negócios que podem ser beneficiados com a computação quântica:

1. Agricultura

Quando em grande escala, a agricultura vai depender de fertilizantes artificiais que exigem alta pressão e temperatura.

Todo esse processo químico consome entre 1% a 2% de toda a eletricidade disponível no mundo. Só que bactérias presentes na natureza realizam a mesma função em condições normais de temperatura e pressão.

Então, um computador quântico será capaz de simular esse processo químico para reduzir o consumo de eletricidade.

2. Indústria Farmacêutica

Esta indústria tem um grande desafio: simular o dobramento e desdobramento de moléculas de proteínas e como elas interagem com novas drogas.

A iniciativa folding@home utiliza milhões de PCs para tentar fazer essa simulação, mas isso demanda muita energia e meses de processamento.

Com um computador quântico, empresas do setor conseguem reduzir esse tempo e desenvolver remédios mais precisos para Alzheimer, Parkinson e outras doenças.

3. Segurança

Sim, um computador quântico tem o potencial de quebrar a criptografia feita na computação clássica. Ela pode até se tornar obsoleta caso hackers quânticos invistam em ataques, principalmente no setor financeiro.

Mas, ao mesmo tempo, a encriptação quântica é invulnerável às investidas feitas por máquinas tradicionais.

Principais destaques desta matéria:

  • Computação quântica começa a ser olhada de forma comercial,
  • Tecnologia tem maior capacidade de analisar dados gastando menos energia,
  • Conheça três setores que podem ser impactados com esta inovação.

1 comentário para “Você sabe o que é computação quântica e por que ela está em alta?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *