Segurança

Por que você deve adotar a Segurança de Aplicação da Embratel?

02/07/2020

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Conheça as principais vantagens em utilizar essa solução e garanta a segurança do seu negócio.

Você saberia dizer se as aplicações do seu negócio (como um aplicativo móvel) são seguras o suficiente para não virarem uma porta de entrada para o ataque de hackers? Se a sua resposta é não, talvez seja a hora de entender um pouco mais sobre uma solução chamada Segurança de Aplicação.

E por que ela é importante? Bom, é isso que vamos mostrar neste blog post.

Imagine o seguinte: seu negócio precisa de divulgação, então o time de desenvolvimento é chamado para construir um site e um aplicativo móvel.

No entanto, com o cronograma de lançamento apertado, os dois projetos foram colocados no ar a partir de versões que seriam atualizadas ao longo do tempo. Mas, poucos meses depois, o sistema que hospeda o site e o aplicativo foi invadido e a base de dados vazada na deep web.

Pode parecer que não, mas essa é uma situação que realmente pode acontecer – ainda mais em um momento em que as empresas foram forçadas a expandir seus limites para possibilitar o trabalho home office.

E o motivo é bem simples: a pressa em querer disponibilizar uma aplicação web ou mobile impede que o time de desenvolvimento trabalhe na segurança dessas plataformas desde o início.

É aí que entra a Segurança de Aplicação da Embratel. A solução vai ajudar as empresas a identificar e corrigir vulnerabilidades para impedir o acesso não-autorizado de terceiros, além do roubo de dados.

Imagine que sua equipe tivesse desenvolvido uma aplicação e deixado passar diversas falhas de segurança, como foi o caso do aplicativo Zoom. Após a divulgação dessas brechas ao público, a reputação digital da sua empresa ficaria abalada, assim como ocorreu com a da ferramenta de videochamada.

Certamente, não é algo que você queira para o seu negócio, ainda mais com a proximidade da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGDP). Por isso, acompanhe este post para entender como a Embratel pode ser sua parceria em segurança.


Por que investir na Segurança de Aplicação?

Verdade seja escrita, o time de segurança da informação só é acionado quando algum problema nos sistemas da empresa acontece. É como se a área fosse um seguro de carro, em que você contrata e torce para nunca precisar.

Porém, você não percebe que o veículo possui uma falha mecânica e continua dirigindo normalmente. Até que um acidente acontece…

Então, esse exemplo representa as muitas aplicações desenvolvidas internamente em uma empresa. Muitas querem colocar um site no ar com rapidez, mas não realizam os testes de segurança necessários. Ou então, o time responsável aponta as possíveis falhas, mas as correções não são priorizadas.

Por exemplo, para manter a marca relevante num ambiente on-line, uma empresa cria um site em cima de uma plataforma de código aberto e instala diversos plugins para captar leads de acesso. No entanto, novas versões dessas ferramentas ficam disponíveis, mas nunca são atualizadas.

Por isso, adotar a solução de Segurança de Aplicação da Embratel vai permitir se antecipar a essas vulnerabilidades. Até porque, quanto maior o tempo para atualizar os sistemas do site, maior a possibilidade de hackers encontrarem brechas para terem acessos aos dados disponíveis nele.

Aqui, vale destacar um ponto: a solução da Embratel vai garantir a segurança no desenvolvimento de uma aplicação em todas as etapas – do início ao lançamento – ou a segurança de uma já disponível para o público.

Quer saber como esse trabalho é feito? Você descobre mais no próximo tópico.

Como a Embratel garante a segurança dos dados da sua empresa

A solução de Segurança de Aplicação da Embratel é uma oportunidade para evitar vulnerabilidades nas aplicações web ou mobile da sua empresa. Para isso, hackers éticos da companhia vão realizar uma espécie de auditoria, dividida em quatro etapas:

1. Entendimento da aplicação:
A sua empresa desenvolveu um sistema de ERP, CRM, site ou aplicativo mobile. O time da Embratel vai avaliar essas plataformas para entender qual o objetivo de uso delas e as tecnologias (servidor web, hospedagem etc.) que as fazem funcionar.

2. Mapeamento de vulnerabilidades:
O segundo momento é o de realizar diversos testes para identificar vulnerabilidades e falhas no fluxo (comunicação da interface com o servidor, por exemplo) e tecnologias desses sistemas.

3. Tentativa de invasão:
Encontrada as brechas e vulnerabilidades, os hackers éticos da Embratel irão realizar um pentest (teste de intrusão – clique aqui para saber mais) ou outras práticas para burlar a aplicação ou site.

O intuito é obter acesso à informação ou alterar a código fonte para mudar a lógica do funcionamento dessas plataformas (ser encaminhado para um link malicioso, por exemplo).

4. Entrega de relatório:
Após todos os testes executados, a equipe da Embratel vai entregar um relatório detalhado sobre os testes executados, as evidências encontradas e explicando cada vulnerabilidade existente nas aplicações.

Assim, será possível acionar o time de segurança da informação para aplicar as devidas correções antes de um possível ataque ou invasão, garantindo a segurança dos dados.

As vantagens de ter a Embratel como parceira

A cibersegurança deve ser uma das estratégias prioritárias nas empresas. No entanto, quando as empresas desenvolvem um site ou uma aplicação, acabam deixando isso de lado para focar na entrega de produtos e serviços para os clientes.

Embora você tenha uma equipe de segurança da informação, alocá-la para executar um mapeamento de vulnerabilidade pode demandar mais tempo que o necessário, impedindo os profissionais de resolverem as demandas do dia.

Ao contratar a Embratel, o seu time fica livre para outras tarefas, sem perder a produtividade.

Outro ponto é a imparcialidade. Com uma equipe terceira fazendo o mapeamento, as entregas de relatório serão mais precisas, dando uma visão mais ampla das suas aplicações.

Lembre-se: uma simples falha pode permitir o acesso e download de todo o banco de dados de uma empresa. Assim, criminosos teriam em mãos nome completo, RG, CPF, endereço e outras informações. Sabe o que isso gera para o seu negócio?

A LGPD prevê multa de R$ 50 milhões para cada infração referente ao vazamento de dados. Se você faz um trabalho preventivo, a redução de custos fica bem evidente. Ainda mais quando a Embratel pode ser o ponto de apoio para essa jornada.

Garanta as melhores práticas de segurança

A Segurança de Aplicação da Embratel garante a segurança dos dados dos sistemas da sua empresa. Para o seu negócio, é uma vantagem competitiva ao mostrar, aos clientes, que todas as interações estão em conformidade.

Ainda mais se você busca certificações como a ISO 27001 e a PCI-DSS, que são normas de boas práticas e que exigem a execução de testes de seguranças regularmente. O motivo é que a Embratel tem uma metodologia própria de prevenção a ataques cibernéticos.

A metodologia da solução da Embratel foi desenvolvida em cima das melhores práticas e abordagens trabalhadas no mercado, trazendo o melhor de cada mundo para a sua empresa. Saia na frente da concorrência e garanta a cibersegurança dos seus negócios.

Para saber mais sobre a importância de ambientes seguro, leia os seguintes artigos que já publicamos aqui no Mundo + Tech. E se quiser falar com um de nossos consultores, para conhecer mais sobre o serviço “Segurança de Aplicação”, clique no banner a seguir:


Repassando o que vimos neste post

  • Empresas investem no desenvolvimento de sites e aplicativos próprios;
  • Mas acabam esquecendo de criar estratégias de segurança;
  • Segurança de Aplicação da Embratel pode ajudar nesse desafio;
  • Solução vai mapear brechas e vulnerabilidades do sistema e sugerir correções;
  • Para as empresas, é uma oportunidade de manter a reputação digital e evitar multas regulatórias.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *