Segurança

Como um VPN as a Service vai fornecer segurança ao home office?

07/04/2020

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Muitos colaboradores estão em home office por conta do período de quarentena e a rede privada virtual se tornou o ponto de contato para o time ter acesso aos dados e aplicações da empresa. Se a sua organização encontra dificuldade em manter a infraestrutura robusta, a VPN as a Service (VPNaaS) é uma resposta para essa dor.

VPNaaS é uma tecnologia que cria uma conexão segura e criptografada em uma rede menos segura, como internet pública. A VPN vai usar protocolos de encapsulamento para criptografar dados no final do envio e “descriptografá-los” no final do recebimento.

Mas, se a VPN tradicional exige a instalação de um agente (software) na máquina de cada colaborador, a VPNaaS pula essa etapa. O motivo? Porque o acesso se dá via portal web com protocolo de segurança SLL.

Para a sua empresa, é a possibilidade de implantar e configurar a VPN as a Service em questão de minutos, em vez de meses, como é no modelo tradicional.

Essa praticidade colocou a tecnologia no radar de muitas empresas. Tanto que um relatório da consultoria Reports and Data mostra que o mercado global de VPNaaS pule de US$ 2.7 bilhões (R$ 14.1 bilhões) em 2019 para US$ 8.7 bilhões (R$ 45.5 bilhões) em 2026.

VPN as a Service x Tradicional

Uma coisa é certa: o aumento da demanda por home office levanta questões de segurança e proteção de dados. Ou seja, esse modelo flexível de trabalho exige governança e padronização do acesso, uma vez que os funcionários estarão conectados a todos os sistemas internos da empresa, mas de suas respectivas casas.

Daí a importância de uma VPN as a Service. A arquitetura da solução fornece flexibilidade, agilidade e escalabilidade. Assim como estará em conformidade com as leis de proteção de dados porque usará a estratégia de segurança que você usa para outras soluções já adotadas.

Para o seu negócio são duas oportunidades:

  1. Custo-benefício para oferecer, aos funcionários, conexão segura aos aplicativos e dados na nuvem, além dos servidores da empresa.
  2. Segurança abrangente e consistente dos negócios sem a necessidade de adquirir hardware ou adicionar complexidade ao time de TI.

Leve segurança ao home office em tempos de quarentena

A pandemia fez com que empresas de portes e segmentos diversos identificassem a necessidade de adotar soluções digitais para manter os seus negócios ativos. Porém, o momento emergencial exige atuação rápida das empresas, principalmente com o home office.

Esse modelo de trabalho deixou de ser uma tendência para se tornar uma real alternativa para as companhias mesmo após a pandemia. Tanto que a Embratel é uma parceria nesse processo de digitalização ao trazer para o mercado a solução VPNaaS Embratel powered by Fortinet.

A solução possibilita o acesso aos dados e sistemas via portal com protocolo de segurança SSL, sem a necessidade de instalar um agente na máquina de cada colaborador. Assim, sua equipe pode se conectar de qualquer local ou dispositivo, garantindo produtividade.

Sem contar que a oferta também é indicada para companhias com pretensão de adotar o home office em outras ocasiões. “O mercado atravessa uma nova fase, pois o trabalho remoto se tornou ainda mais importante”, explica Mário Rachid, Diretor Executivo de Soluções Digitais da Embratel.

Como funciona o VPNaaS da Embratel

Ao adotar a solução da Embratel, sua empresa terá uma VPN com suporte de até mil usuários. A rede é instalada em máquina virtual no cliente, agilizando a implementação da VPN as a Service.

VPNaaS da Embratel fornece um acesso criptografado na internet permitindo conexão com um servidor dentro da rede do cliente. Ao receber um IP da rede interna, o colaborador passa a acessar os recursos autorizados.

Uma vantagem da solução é que a Embratel fica responsável, também, pela configuração e integração com a base de usuários para liberação de todos os acessos necessários. Caso a empresa prefira, também há a opção de instalar um agente no dispositivo de cada colaborador.

Vale destacar que a ampliação de trabalho remoto pode ampliar o aumento de crimes cibernéticos, resultando em roubo de informações confidenciais. Contudo, a solução da Embratel conta com segurança cibernética para mitigar riscos de ataques.

Por exemplo, é possível garantir a segurança do dispositivo do usuário até o uso de uma rede virtual privada (VPN) com duplo fator de autenticação. Essa opção é mais indicada para manter informações e sistemas seguros neste cenário.

Por que você deve considerar um VPN as a Service?

Antes da pandemia, o modelo de home office consistia em uma empresa ter uma VPN para o colaborador acessar qualquer aplicativo, dados ou arquivos necessários nos servidores dela.

Ainda mais em um momento que muitas empresas esperam encontrar, nas tecnologias certas, preços competitivos e flexibilidade para dar continuidade em seus negócios, ao mesmo tempo que evitam queda de receitas.

É o caso de um VPN as a Service. Na solução da Embratel, por exemplo, você tem a flexibilidade de pagar por apenas uma rede privada com capacidade de até mil usuários, evitando gastos desnecessários do orçamento.

Principais destaques desta matéria

  • VPN as a Service (VPNaaS) é uma tecnologia de rede privada virtual na nuvem.
  • Por estar na nuvem, empresa não precisa instalar um agente na máquina de cada colaborador.
  • Isso fornece agilidade e redução de custos na implantação da tecnologia.
  • Tecnologia faz parte do portfólio da Embratel, que lançou no mercado a VPNaaS Embratel powered by Fortinet.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *