Segurança

Acesso remoto: conexão segura além dos ambientes físicos

03/06/2020

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Saiba como o acesso remoto pode liberar os dados necessários aos seus colaboradores de forma segura, simples e eficiente.

Você se encontra na seguinte situação: a maior parte da sua equipe está trabalhando no modelo home office e é preciso garantir a segurança do acesso remoto dos dispositivos.

Parece uma tarefa difícil, mas já há no mercado soluções capazes de fornecer uma conexão segura além dos ambientes físicos.

Veja por exemplo a rede virtual privada (VPN, na sigla em inglês). A tecnologia criptografa a comunicação entre a máquina do seu colaborador e o servidor da empresa. Assim, os dados do seu negócio estão protegidos de ponta a ponta, evitando ataques cibernéticos e roubo de informações.

Mas, claro, o acesso remoto em períodos de home office vai além da VPN. É preciso pensar que cada colaborador usa mais de um dispositivo durante o expediente.

Smartphones, notebooks e tablets estão presentes no dia a dia. Mas, no trabalho remoto, cada um se torna um ponto de contato da empresa, aumentando a possibilidade de falhas.

Então, como ter uma estrutura preparada para atender a demanda atual, ainda mais quando o fator humano pode abrir brechas de vulnerabilidades? É o que você vai descobrir neste blog post.

O que é preciso para prover um acesso remoto seguro?

Neste cenário de pandemia, as empresas tiveram a necessidade de criar uma estrutura baseada em governança e padronização de acesso, para possibilitar uma conexão segura aos funcionários.

E três tecnologias são pilares para esses desafios encontrados por elas:

  • Computação em nuvem: com os dados em um ambiente cloud, colaboradores de uma empresa podem acessá-los de qualquer lugar e de qualquer dispositivo.
  • VPN: como já explicado acima, a solução criptografa o tráfego de dados de um dispositivo para a rede privada da empresa e vice-versa.
  • Mobile Device Management (MDM): o MDM é uma ferramenta de gerenciamento de todos os dispositivos corporativos, permitindo configurar e acessar esses terminais de forma remota.

Como é possível perceber, a combinação dessas três tecnologias vai trazer maior segurança contra ciberataques e violações de dados.

O motivo é simples: a computação em nuvem é uma das tecnologias mais seguras quando o assunto é armazenamento de dados.

No entanto, a vulnerabilidade está na forma como esses dados são acessados. Daí, a VPN e o MDM se tornam camadas a mais de segurança, evitando possíveis ataques e invasões.

Por sinal, todas essas soluções são oferecidas pela Embratel, inclusive, com a possibilidade de uma análise prévia de quais ofertas são as ideais para o seu negócio.

A produtividade e segurança no trabalho remoto

Já parou para pensar em como o trabalho remoto mudou as interações entre você e sua equipe? Com cada um em sua casa, as ferramentas de produtividade se tornam mais que necessárias.

Dependendo da ferramenta escolhida, ela contará com diversos recursos, como videochamadas, compartilhamento de arquivos, histórico de conversas e criação de times.

Sem contar o acesso remoto aos arquivos e softwares necessários para o trabalho. Por essas ferramentas estarem na nuvem, isso facilita a instalação em um dispositivo móvel (e aqui estamos falando também de notebooks).

Ou seja, o tempo gasto em deslocamento, reuniões presenciais e longos e-mails são resumidos em uma ferramenta de colaboração, que dão uma visão geral da empresa tanto para o gestor quanto para o seu time.

Porém, aqui é o momento de voltar um pouco e relembrar a questão do fator humano. Por mais que os colaboradores tenham essas facilidades em mãos, a violação de dados ainda é possível.

Como foi mostrado durante a primeira edição do Embratel Talks, o número de ataques phishing aumentou 300% desde o início da pandemia do novo coronavírus, enquanto o tráfego malicioso (DDoS) registrou um crescimento de 67% no período de quarentena.

Esses ataques se tornam uma ameaça maior no trabalho remoto, quando os colaboradores utilizam senhas fracas na rede doméstica ou acabam clicando em e-mails maliciosos.

É por isso que a equipe deve ser treinada constantemente para evitar cair em golpes que vão comprometer a segurança dos dados da sua empresa.

Quer saber como evitar ciberataques neste período de home office? A Embratel possui as soluções ideais para esse tipo de prevenção, confira como elas podem auxiliar a sua empresa acessando aqui.

Além disso, vale acompanhar o próximo tópico, para entender os riscos de uma violação de dados e como controlá-los.

Os riscos de ser alvo de ciberataques

Nenhuma empresa está 100% segura em todos os ambientes, ainda mais com o trabalho remoto ganhando cada vez mais força e as organizações aumentando o número de terminais.

Já citamos o fator humano como uma possível ameaça aos dados, mas é preciso ampliar esse entendimento.

Por exemplo, a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). Apesar de ainda não se saber com certeza quando ela entrará em vigor (se em 2020 ou 2021), é muito importante que cada empresa mantenha (ou acelere) a sua jornada de adequação à legislação.

Por quê? Primeiro, porque a lei prevê sanções e multas para empresas que cometerem infrações, entre elas a suspensão do banco de dados e pagamento de até R$ 50 milhões por incidente.

Segundo, porque além do prejuízo financeiro, o reputacional pode ser ainda maior para o seu negócio. Por isso, algumas iniciativas devem ser tomadas.

Aqui vamos dividi-las entre “Tecnologias” e “Pessoas”.

Tecnologias:

  • Mapeamento da rede privada para identificar possíveis acessos não autorizados.
  • Atualização constante de firewall.
  • Utilização de antivírus capaz de prevenir e bloquear vírus, malwares e sites indesejados.

Pessoas:

  • Utilização de uma senha forte como mais uma camada de segurança.
  • Conscientizar sobre mover arquivos corporativos para dispositivos pessoais, como smartphones.
  • Evitar o compartilhamento de credenciais em programas não homologados pela empresa.
  • Ou até mesmo evitar publicar imagens da tela de trabalho nas redes sociais, porque pode comprometer as informações da empresa.

Quais soluções vão transformar a segurança do seu negócio?

O acesso remoto precisa de segurança de ponta a ponta. Ou seja, a partir do momento que o dado sai do sistema da empresa até a entrada dele na máquina de um colaborador.

Se você busca levar uma conexão segura para sua equipe, a Embratel possui um portfólio completo de soluções em segurança digital, como já citamos acima.

Nos próximos parágrafos explicaremos um pouco mais sobre cada uma, continue a sua leitura.

Uma delas é o Cloud Firewall, plataforma na nuvem para proteger os acessos de entrada e saída para diversos tipos de conexão: SDWAN, MPLS, VPN.

Com o Cloud Firewall da Embratel, todo o tráfego de rede da sua empresa será desviado para um firewall virtual, localizado no data center da Embratel.

Assim, todas as políticas de segurança serão aplicadas nesse data center, garantindo atualizações constantes do firewall e reduzindo custos, porque não há necessidade servidores físicos.

Outra solução é a VPNaaS da Embratel, que vai permitir o trabalho remoto ao conectar o colaborador a um servidor interno através de um túnel criptografado.

A solução tem suporte de até 1.000 colaboradores em uma máquina virtual e utiliza protocolo SSL, criptografando toda a comunicação entre a rede de computadores.

Contrate as melhores soluções com quem entende do assunto: a Embratel

O trabalho remoto traz alguns desafios para as empresas e a Embratel é a melhor parceria para acompanhar o seu negócio nesta jornada.

As soluções da companhia possuem um modelo de contratação como serviço. Ou seja, você vai pagar somente pelo que usar, evitando gastos desnecessários do orçamento.

Outra vantagem é a gestão dessas soluções. Um time de especialistas da Embratel fará toda a configuração e integração dos sistemas, ganhando tempo para o seu negócio.

Além disso, a companhia fornece o suporte em vários níveis, com uma equipe do Centro de Operações de Segurança atuando em qualquer eventualidade.

Leve o acesso remoto para todos da sua empresa. Conte com a Embratel para transformar o seu negócio. Clique no link abaixo e saiba mais com um de nossos consultores.

Repassando o que vimos neste post

  • Acesso remoto aos dados de uma empresa exige melhores práticas de segurança.
  • Pandemia do novo coronavírus impulsionou modelo home office nas empresas.
  • Como consequência, aumentou o número de ciberataques e violação de dados.
  • Motivo é o grande número de dispositivos usados no trabalho remoto.
  • Confira como as soluções da Embratel podem ajudar o seu negócio a manter a segurança dos dados.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *