Qual o impacto da Inteligência Artificial na segurança dos dados

Qual o impacto da Inteligência Artificial na segurança dos dados?

Inteligência Artificial ajuda empresas a identificar e mitigar ataques. Saiba 6 exemplos de como tecnologia melhora a segurança dos seus negócios.

Dados. Este tem sido o principal ativo das empresas na jornada da transformação digital. Com a adoção massiva da computação em nuvem, as companhias buscam agora escalar seus negócios. É aí que muitos olhares têm se voltado para a Inteligência Artificial (IA).

Não é novidade que a tecnologia está presente em quase todos os lugares. Nos smartphones, nos carros autônomos, na autenticação biométrica, no reconhecimento facial etc. Ela tem sido fundamental na descoberta de soluções inovadoras em diversos campos, como o da saúde.

Porém, por mais que a IA ajude a tornar a vida (do consumidor e das empresas) mais fácil e eficiente, ela gera também um grande volume de dados. Sem falar dos dados “nativos” de uma companhia.

Então, como garantir a segurança dos dados? Com a própria tecnologia. Embora a Inteligência Artificial traga insights de negócios, ela pode ser treinada para identificar e mitigar possíveis vulnerabilidades no sistema da sua empresa.

Ainda mais em períodos de crise como o atual. Com um número maior de colaboradores em regime home office devido ao coronavírus, a IA pode fazer toda a diferença quando o assunto é segurança. Abaixo, o Mundo + Tech explica os motivos.

Inteligência Artificial e segurança dos dados

A Inteligência Artificial tem diversos casos de uso. Ela pode ser implantada para complementar a força de trabalho humana e reduzir custos das operações. Na área de segurança, sua empresa pode usar a IA e Machine Learning no desenvolvimento de ferramentas de detecção de ameaças.

Até porque, sua empresa precisa ser capaz de detectar um ataque cibernético com antecedência para impedir que criminosos consigam acessar os dados. Nos próximos tópicos, você confere 6 situações do uso da Inteligência Artificial para garantir a segurança dos dados:

1. Machine Learning na identificação de ameaças

Quais soluções tecnológicas você utiliza para se proteger de ataques cibernéticos? Se uma tecnologia legada ainda está em uso, é preciso entender que ela depende muito de dados passados e não consegue atualizar o cenário da sua empresa da maneira que a IA pode.

Em outras palavras, soluções de IA e Machine Learning usam algoritmos. Eles são alimentados por todos os dados que entram nos sistemas da sua empresa. Assim, essas ferramentas inteligentes serão usadas e adaptadas para aprender e identificar comportamentos.

Em um contexto de segurança cibernética, isso significa que a Inteligência Artificial e o Machine Learning estão permitindo que o computador preveja ameaças e observe qualquer anomalia com muito mais precisão do que qualquer agente humano.

2. Uso de IA em autenticação

Quando o assunto é segurança, a utilização de senha sempre será um problema para as empresas. Quem não coloca data de aniversário, nomes comuns ou até mesmo “123456789” nos dispositivos e aplicações corporativas?

Como alternativa às senhas, a autenticação biométrica tem sido utilizada em algumas empresas. Mesmo assim, a tecnologia pode ser hackeada por cibercriminosos. Outra opção é o reconhecimento facial, mas usar óculos ou mudar o penteado podem confundir essa solução.

Daí o papel da Inteligência Artificial na autenticação. Ao combiná-la com sensores infravermelhos e motores neurais, é possível criar um modelo sofisticado do rosto do colaborador. Assim, o software correlaciona padrões importantes para reconhecê-lo, mesmo com um visual novo.

Quem fez isso foi a Apple com o iPhone ao desenvolver o Face ID, presente desde a linha X. A companhia afirma que, com essa tecnologia, há apenas uma chance em um milhão de enganar a IA e abrir seu dispositivo com outra face.

3. IA e Machine Learning na detecção de phishing e controle de prevenção

Os e-mails de phishing são extremamente predominantes no mundo corporativo. Tanto que aqui no Mundo + Tech já comentamos sobre como essa investida pode colocar em risco a segurança da sua empresa.

Por sorte, o uso de IA e Machine Learning pode desempenhar um papel significativo na prevenção e dissuasão desse tipo de ataque. Essas tecnologias são capazes de rastrear mais de 10 mil fontes de phishing ativas, reagir e mitigá-las de maneira mais rápida que um humano conseguiria.

Além disso, essas tecnologias trabalham na verificação de ameaças de phishing de todo o mundo, sem restringir qualquer área geográfica específica, uma vez que esse tipo de ataque pode vir de qualquer país. Outro ponto é que elas diferenciam rapidamente um site falso de um site legítimo.

4. Uso de Inteligência Artificial no gerenciamento de vulnerabilidades

Somente em 2019, o Brasil sofreu 24 bilhões de tentativas de ataques cibernéticos. Gerenciar tudo isso com recursos humanos ou tecnologia tradicional é extremamente difícil. A Inteligência Artificial, no entanto, pode lidar com isso com muito mais facilidade.

Soluções em IA não esperam que uma vulnerabilidade seja explorada por ameaças on-line. Em vez disso, elas procuram proativamente possíveis vulnerabilidades nos sistemas de uma empresa e fazem uma busca efetiva combinando em alguns fatores, como:

Esses sistemas podem analisar esses fatores e usar as informações para determinar quando e como a ameaça poderá chegar a alvos vulneráveis da empresa.

5. Segurança de rede e Inteligência Artificial

Duas partes importantes da segurança da rede são a criação da política de segurança e a definição da topografia da rede (configuração espacial da rede e como os dados transitam por ela a partir de um dispositivo para outro – entre um smartphone e um notebook, por exemplo).

Normalmente, essas duas atividades consomem muito tempo. Porém, uma solução de IA consegue acelerar esses processos, observando e aprendendo os padrões de tráfego de rede, além de sugerir políticas de segurança.

Isso não apenas economiza tempo, mas também muito esforço e recursos que podem ser aplicados em áreas de desenvolvimento e avanço tecnológico.

6. Análise comportamental com IA

Outro ponto promissor da IA com a segurança é a capacidade de análise comportamental. Isso significa que os algoritmos de Machine Learning podem aprender e criar um padrão de seu comportamento analisando como você geralmente usa o dispositivo e as plataformas online.

É assim que funciona o Security Information and Event Management (SIEM), uma das soluções de segurança que estão no portfólio da Embratel.

Os detalhes podem incluir tudo:

  • Desde os horários típicos de login.
  • Endereços IP.
  • Padrões de digitação.
  • Padrões de rolagem em uma página na internet.
  • Entre outros.

Se a qualquer momento, os algoritmos de IA perceberem atividades incomuns ou qualquer comportamento que esteja fora do padrão, eles sinalizam como algo sendo realizado por um usuário suspeito, podendo até mesmo bloqueá-lo.

As atividades que marcam os algoritmos de IA podem ser qualquer coisa, desde grandes compras online enviadas para endereços diferentes dos seus, um aumento repentino no download de documentos de suas pastas arquivadas ou uma mudança repentina na velocidade de digitação.

A Inteligência Artificial é a resposta para a segurança dos dados?

Não há dúvida de que a Inteligência Artificial é incrivelmente útil para a segurança dos dados, mas ela deve ser apenas uma de várias tecnologias utilizadas como forma de detectar e impedir que ataques aconteçam ao seu negócio.

Entretanto, a realidade é outra: o fator segurança geralmente é o último a ser considerado pelas empresas na jornada da transformação digital. Muitas vezes o argumento é a questão orçamentária.

Como você sabe bem, provedores de computação em nuvem trabalham no modelo as a Service. Não é diferente quando o assunto é segurança. Já existem diversas opções no mercado que fornecem um Centro de Operações de Segurança (SOC) para ampliar a proteção da sua empresa.

Em um momento que os ataques cibernéticos estão mais sofisticados, sofrer esse revés na sua empresa é ir além da perda reputacional: significa correr o risco de perder dinheiro e novos negócios. Daí a importância de olhar para a Inteligência Artificial e outras tecnologias essenciais para mitigar esses riscos.

Principais destaques desta matéria

  • Inteligência Artificial tem impacto importante na segurança dos dados.
  • Soluções de IA podem prever, identificar e mitigar possíveis ataques a sua empresa.
  • Confira 6 possibilidades do uso da tecnologia para diminuir os riscos de vulnerabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *