Inteligência Artificial , TI

Conheça as soluções de Inteligência Artificial que atuam no combate ao câncer

31/07/2019

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

No Brasil e no mundo, hospitais desenvolvem soluções para agilizar o diagnóstico em nome do melhor tratamento para seus pacientes.

Principais destaques:

  • Cerca de 600 mil novos casos de câncer devem ser registrados no Brasil em 2019;
  • Instituições têm fechado parcerias para usar Inteligência Artificial no diagnóstico da doença;
  • Mundo + Tech reúne alguns exemplos de soluções baseadas em IA desenvolvido para auxiliar profissionais de saúde.

O Brasil deve registrar 600 mil novos casos de câncer em 2019, segundo o Instituto Nacional de Câncer. Embora a medicina tenha avançado para diagnosticar precocemente a doença, ainda há algumas barreiras a serem vencidas como os cuidados preventivos por parte das pessoas.

Instituições de todo o mundo têm fechado parcerias com empresas de TI para pesquisar como a tecnologia pode ajudar a combater o câncer. É o caso da Universidade Northwestern (Estados Unidos), que fechou parceria com o Google para usar Inteligência Artificial no diagnóstico da doença e foi tema de uma de nossas notícias aqui no Mundo + Tech.

O fruto desse projeto é uma Inteligência Artificial que, após ter seu algoritmo aperfeiçoado pelo processo de Deep Learning, conseguiu uma precisão de 94% ao ser testada em 6.716 casos.

Por mais que o projeto tenha apresentado uma alta taxa de sucesso, a Inteligência Artificial ainda não está pronta para o uso clínico, mas os pesquisadores esperam implementar a solução em um futuro próximo em instituições de saúde.

Startup cria sistema para identificar vários tipos de câncer

Outro exemplo do uso de Inteligência Artificial é o da startup norte-americana Paige. Em parceria com o Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, a empresa desenvolveu uma solução para diagnosticar câncer de próstata, câncer de pele e câncer de pulmão.

O sistema utiliza Deep Learning em uma base de dados com quase 45 mil imagens tiradas de mais de 15 mil pacientes. Os criadores afirmam que, por não ter uma curadoria rigorosa para identificar tipos específicos de câncer, a solução consegue entregar um desempenho melhor para diagnósticos gerais.

No Ceará, Inteligência Artificial é usada para sugerir o melhor tratamento

A utilização da tecnologia não se restringe apenas ao diagnóstico. A Inteligência Artificial tem se tornado uma grande aliada também no combate ao câncer. No Brasil, o Instituto de Câncer do Ceará (ICC) utiliza a tecnologia em tratamentos oncológicos e na tomada de decisões clínicas.

FIQUE POR DENTRO: As tecnologias do hospital do futuro

No último um ano e meio, cerca de 300 pacientes por mês têm recebido tratamento com o auxílio da Inteligência Artificial. A tecnologia, fruto da parceria do ICC com a IBM, permite um tratamento mais assertivo aos usuários que precisam utilizar o sistema público de saúde.

Para isso ser possível, o ICC criou um modelo em que o paciente com câncer é o centro da assistência. Cada um é assistido por médicos e uma equipe multidisciplinar que tem o suporte da Inteligência Artificial para decidir qual o melhor tratamento.

A importância da IA no diagnóstico de câncer

É possível ver os esforços de empresas de TI, startups e instituições de saúde em desenvolver soluções que agilizem o diagnóstico da doença e também ajudem a encontrar o melhor tratamento para os pacientes.

Hoje, com o boom de informações que hospitais e clínicas possuem, a Inteligência Artificial consegue ser abastecida com uma grande base de dados para auxiliar os profissionais e pesquisadores nessa missão.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *