Cloud

Como criar uma estratégia multicloud em 5 passos

06/04/2020

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

A computação em nuvem é peça fundamental da transformação digital em uma empresa. Se você é familiarizado com a tecnologia, possivelmente deve estar em um estágio de escalar as soluções baseadas nela. Então, já se perguntou se não é hora de desenvolver uma estratégia multicloud?

Os investimentos em nuvem não devem perder o ritmo, de acordo com a consultoria Gartner. Em 2019, foram destinados US$ 230 bilhões (R$ 1.207 trilhão) globalmente, enquanto a expectativa é que esse número passe para US$ 355 bilhões (R$ 1.86 trilhão) até 2022.

Isso quer dizer que as companhias colocam em suas estratégias a adoção não de um, mas de vários provedores de nuvem para tocar os seus processos a fim de garantir agilidade e disponibilidade das operações com custo-benefício e segurança.

No entanto, traçar uma estratégia multicloud exige planejamento. A consultoria Gartner destaca 5 passos que todo líder deve considerar ao adotar vários ambientes de nuvem para os negócios:


1. Priorize uma estratégia multicloud

Não foque somente nas etapas técnicas necessárias para a adoção da multicloud. É preciso planejar com antecedência quais setores da empresa podem gerar benefícios de negócio com a tecnologia.

2. Analise constantemente as cargas de trabalho

Uma estratégia multicloud permite a transferência de cargas de trabalho de um provedor para outro, com confiabilidade e segurança.

Isso é possível por conta de Kubernetes, que gerencia worlloads e serviços em contêineres para facilitar a configuração e automação de processos em ambientes como nuvem e data center.

Assim, você consegue criar novos modelos de gerenciamento das aplicações em que é possível rodá-las em um provedor de nuvem, mas serem replicadas em ambientes terceiros.

3. Planeje a maturidade da estratégia

Uma estratégia multicloud necessita de um conjunto de habilidades necessárias (de negócios e de TI) para que os processos sejam aprimorados de forma contínua.

Se você já adota a nuvem e pensa em investir na multicloud, é preciso que essa melhoria dos processos aconteça em todas as áreas que se apoiam na computação em nuvem.

É essencial para que você consiga enxergar a evolução do investimento e entender em qual estágio de maturidade a sua empresa se encontra.

4.Estabeleça processos de governança e gerenciamento da multicloud

Gerencie os desafios da governança multicloud, estabelecendo protocolos e processos de gerenciamento para obter visibilidade de todos os ambientes em nuvem.

A equipe de TI vai precisar criar políticas e medidas de segurança adicionais para a tecnologia. Assim como estar disponível para gerenciar e monitorar problemas nas nuvens contratadas.

5. Desenvolva uma ferramenta de gerenciamento da multicloud

O que significa conseguir envolver as equipes no projeto de multicloud para identificar e adotar as ferramentas apropriadas para o gerenciamento de várias nuvens em apenas uma interface.


Principais destaques desta matéria

  • Investimento em computação em nuvem devem atingir US$ 355 bilhões em 2022.
  • Empresas já adotam mais de um provedor de nuvem para escalar seus negócios.
  • Consultoria Gartner destaca 5 passos para empresas que querem criar uma estratégia multicloud.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *