Cloud

Black Friday: como garantir a melhor experiência do cliente com a solução de CDN

15/10/2020

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Saiba como acelerar conteúdos dinâmicos, distribuir conteúdos estáticos e simultâneos.

A Black Friday 2020 provavelmente será a mais digital dos últimos anos. Com muitos consumidores migrando para os canais on-line, as varejistas se viram na necessidade de marcar mais presença nesse ambiente. Mas, em uma data que o pico de acesso derruba os sites, como manter a disponibilidade uma vez que o ambiente virtual virou a principal – ou única – vitrine? Com uma solução de CDN.

Não é novidade que a pandemia de COVID-19 impulsionou as vendas em sitesde e-commerce. Uma pesquisa da Compra&Confie, em parceria com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), mostrou que o varejo digital cresceu 56,8% de janeiro a agosto de 2020, em relação ao mesmo período de 2019.

Segundo o levantamento, 135 mil varejistas criaram um negócio on-line para continuar atuando no mercado. Então, já dá para ter uma ideia do que esperar da Black Friday 2020, que acontece dia 27 de novembro.

Esse movimento segue o mesmo fluxo dos consumidores. Uma pesquisa da Criteo, plataforma de marketing, mostrou que quase 80% dos usuários devem continuar comprando on-line. Já 67% descobriram um novo meio de comprar produtos pela internet e manterão esse hábito.

Embora a Black Friday seja uma data sazonal, as empresas que já possuem ou criaram há pouco tempo um site de e-commerce devem garantir alguns pontos durante a ação: a alta performance das páginas e uma experiência do usuário fluída.

E isso pode ser feito de forma ágil e com um custo-benefício que não vai impactar o orçamento de TI previsto para suportar as demandas da Black Friday.

Caso você esteja se preparando para a data, descubra como a solução de CDN da Embratel dará suporte ao alto tráfego do seu site sem que ele perca performance.


O que é uma solução de CDN?

Uma solução de CDN (Content Delivery Network, na sigla em inglês) vai distribuir conteúdo dinâmico e estático. Ou seja, ela acelera a distribuição da demanda de usuários por respostas em:

  • Vídeo;
  • Imagem;
  • Áudio;
  • Texto/página web.

Aqui vale um adendo. Conteúdo dinâmico seria uma página com login e senha, em que cada usuário tem sua identificação para acessar a loja virtual.

conteúdo estático são imagens e vídeos, porque eles são arquivos que não se modificam com o tempo.

A distribuição desses conteúdos acontece uma vez que um e-commerce não terá todos eles centralizados em um único servidor, mas sim espalhados em Pontos de Presença (PoPs) em todo o Brasil.

PoPs são data centers com uma infraestrutura instalada para que o conteúdo de um site esteja disponível para o cliente. Nesse caso, o processamento e a execução de uma demanda acontecem mais próximo ao consumidor e não no servidor central.

Assim, um cliente, ao navegar em um site durante a Black Friday, terá uma resposta mais ágil ao fazer toda sua jornada: da tela de login e senha ao colocar o produto no carrinho e realizar o pagamento.

Garantir essa performance, ainda mais no período de Black Friday, vai prover uma experiência do usuário perfeita, mesmo se o servidor apresentar instabilidades. Para o consumidor, é como se nada estivesse acontecendo.

Quer saber o motivo disso? Acompanhe no próximo tópico.

Por que apostar em uma Content Delivery Network?

Imagine que uma varejista lançou uma promoção de mil smart TVs com 75% de desconto cada. Provavelmente a página do produto terá um pico de acesso e aqui duas situações podem acontecer.

A primeira é quando o site utiliza apenas o servidor de origem. Esse ponto único de acesso vai ter os recursos computacionais elevados. Isso significa que a demanda pelas smart TVs vai exigir largura de banda e internet, gerando uma alta latência.

E, quanto maior a latência, maior a chance de o site apresentar instabilidades, tendo uma performance baixa e até mesmo ficar indisponível. Porém, qualquer segundo fora do ar na Black Friday é prejuízo financeiro.

A segunda situação é o uso de uma solução de CDN, que vai distribuir todo o conteúdo da página de oferta das smart TVs entre os PoPs. Assim, quando os consumidores tentarem comprá-las, não sentirão instabilidades e conseguirão concluir a transação.

Mas, por que isso?

Simples. Porque esses PoPs vão criar cache de todo conteúdo requerido. Cache é uma espécie de local para armazenar dados e processos usados frequentemente, possibilitando um acesso posterior rápido e sem uso desnecessário de hardware.

Um exemplo disso é o acesso contínuo ao Mundo + Tech. Quanto mais você navega pelo site, mais rápido ele será carregado nas próximas visitas. Tudo graças ao cache, que vai poupar o tempo de download dos conteúdos disponíveis nele.

O mesmo é válido para uma solução de CDN. Na oferta das smart TVs, uma vez que os consumidores irão acessar a página constantemente, os PoPs criarão uma versão “cacheada” dela para que ela carregue mais rápido.

A vantagem é que, além de economizar recursos do servidor principal, caso ele esteja instável, o cliente nem vai perceber, já que os PoPs manterão o site funcionando corretamente.

As vantagens de adotar a solução na Black Friday

Uma das maiores vantagens da solução de CDN é do ponto de vista operacional. É comum, durante a Black Friday, as empresas apostarem em computação em nuvem e outras tecnologias para deixar tudo 100% funcional para o consumidor.

No entanto, em um pico de acesso a um site, uma varejista poderia usar sua própria equipe e infraestrutura de TI para criar máquinas virtuais capazes de manter a página rodando sem instabilidades. Porém, isso vai demandar tempo, recursos e pessoas.

Ao contratar um provedor de Content Delivery Network, é ele que será responsável por garantir o escoamento dos acessos a uma página. Isso gera uma otimização do ambiente de TI da empresa, que pode ser usado de maneira mais estratégica na data.

Essa otimização, como citamos no início deste texto, é devido a toda a virtualização do conteúdo acontecer na borda. Ou seja, nos próprios PoPs, evitando ociosidade computacional e facilitando o carregamento de conteúdo.

Além disso, outros benefícios de ter a solução da Embratel durante a Black Friday são:

  • Performance: são mais de 20 PoPs espalhados pelo Brasil.
  • Disponibilidade: a arquitetura de rede distribuída aumenta a capacidade de entrega ao consumidor.
  • Segurança: a solução tem segurança em multicamadas, oferecendo proteção em todas as camadas de rede e aplicações. Além disso, uma solução de CDN funciona como um espelho, em que o certificado SSL do seu site também será distribuído nos PoPs, reduzindo os riscos de fraudes e transações mal-intencionadas.
  • Otimização de custo: o processamento na ponta vai exigir menos recursos da infraestrutura de TI (processamento, memória e link de dados).

Conte com a Embratel para otimizar seu site para a Black Friday

O consumidor espera alta performance e disponibilidade de um site durante a Black Friday. E, por incrível que pareça, em 2020 a tendência é que as compras sejam feitas a partir de um desktop.

Isso porque, com muitas pessoas trabalhando de forma remota, é possível que elas migrem para esse tipo de dispositivo. Ou seja, se a otimização do ambiente de TI da sua empresa foi projetada para suportar as demandas do aplicativo, ela também deve priorizar a versão web do seu negócio.

Nesse momento, a solução de CDN da Embratel é a ideal para configurar seu site e deixá-lo pronto para a distribuição de conteúdo, seja ele estático ou dinâmico.

Ao contratar a solução, no modelo as a Service, você terá o apoio de uma equipe especialista da Embratel para mapear a infraestrutura do seu site e realizar a configuração para que todo o conteúdo seja espelhado através dos PoPs.

Saiba mais como a solução de distribuição de conteúdo vai garantir as vendas do seu negócio durante a Black Friday. Clique no banner abaixo e fale com um de nossos consultores.


Repassando o que vimos neste post

  • Black Friday 2020 vai ser a mais digital dos últimos anos.
  • Com muitos consumidores migrando para o digital, sites de e-commerce devem manter a disponibilidade e a alta performance.
  • Para isso, uma solução de CDN pode ser a melhor opção para a data sazonal.
  • Isso porque a tecnologia possibilita a distribuição de conteúdo estático ou dinâmico por meio de Pontos de Presenças (PoPs) espalhados pelo Brasil.
  • Assim, experiência do usuário durante a compra é mantida, porque o processamento e execução do site acontece nesses PoPs.
  • As vantagens: redução de custos e otimização da infraestrutura de TI.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *