Saiba como a computação em nuvem vai escalar os seus negócios na Black Friday

Computação em nuvem promove a disponibilidade do seu e-commerce, além de integrar tecnologias que podem impulsionar os seus negócios.

Black Friday é sinônimo de muitas vendas, mas também dores de cabeça para os varejistas. Durante a data, a sua empresa tem a missão de levar uma boa experiência de compra ao usuário e investir em computação em nuvem pode ajudar nesse desafio.

A nuvem tem sido uma das tecnologias mais utilizadas para a transformação digital das companhias. Quando o seu negócio utiliza aplicações em um ambiente cloud, você consegue escalar os serviços para o consumidor, além de reduzir espaços físicos e, também, custos.

Mas o que seria escalar os negócios com a nuvem?

Sempre quando o tema é computação em nuvem, a escalabilidade é citada como uma das principais vantagens na adoção de soluções cloud. Mas, na prática, o que seria ou como escalar os negócios com essa ferramenta?

A Black Friday é um cenário perfeito para explicar isso.

Provavelmente na próxima sexta (29), o seu negócio vai ver um aumento enorme no número de acessos no seu e-commerce. E isso pode gerar uma queda do site ou de todo o sistema, atrapalhando as vendas e irritando os clientes.

FIQUE POR DENTRO: Black Friday 2019: aposte em tecnologias para garantir o sucesso do seu varejo

Daí temos dois cenários. O primeiro é caso o seu negócio esteja hospedado em um ou vários data centers. São locais que ocupam grande espaço físico e necessitam de constante manutenção. Quando o sistema cai, é preciso fazer todo um mapeamento para saber onde o erro aconteceu.

Mas isso em períodos como a Black Friday significa grandes perdas de vendas e receita. Sem contar que o data center pode ficar sobrecarregado e a sua empresa precisará comprar capacidade extra, se tornando um gasto fixo e, em geral, desnecessário após a data de pico já que não há previsão de quando essa estrutura será utilizada outra vez.

Já no cenário em que suas soluções estão em um ambiente cloud, sempre que houver um pico de demanda, o seu negócio vai ser capaz de manter a disponibilidade do serviço porque vai se adaptar ao grande volume de acesso e transações, proporcionando uma experiência positiva ao cliente.

Isso acontece porque a computação em nuvem tem uma capacidade de processamento muito grande e ela aumenta, de forma automática até atingir a capacidade máxima, dependendo do pico de demanda. Desta forma sua equipe pode se concentrar na programação do e-commerce para evitar falhas, ao invés de monitorar os servidores para saber qual e quando precisará de maior processamento.

Mas caso atinja a capacidade máxima, o que já é previsto em períodos como a Black Friday, você pode contratar mais capacidade e desativá-la após o período de promoções. Assim você consegue manter o seu site no ar, mas com um gasto já previsto dentro do orçamento feito para esta época.

Cloud vai permitir integração com novas tecnologias

A nuvem tem uma capacidade de processamento que o seu negócio pode aproveitar muito bem. Por conta disso, é possível integrar outras tecnologias que vão te ajudar a extrair insights para ofertar descontos e promoções para os clientes durante a Black Friday.

Um ambiente cloud consegue suportar Inteligência Artificial, Big Data, Analytics, Machine Learning, entre outras tecnologias emergentes. São ferramentas que vão auxiliar o seu negócio a executar tarefas complexas ou prever se um produto está com alta demanda na Black Friday.

Provavelmente você tem uma plataforma CRM que reúne um grande volume de dados de seus clientes. Com Inteligência Artificial, você pode ter um modelo que consiga interpretar e aprender a jornada de compra para criar ofertas personalizadas de acordo com o perfil do consumidor.

Utilizar essas outras tecnologias na computação em nuvem tem algumas vantagens para o seu negócio:

  • Performance: a nuvem permite processar grandes volumes de dados e obter resultados quase que em tempo real.
  • Flexibilidade: uma ferramenta cloud vai utilizar apenas os recursos necessários para determinada tarefa, sem comprometer a infraestrutura da sua empresa.
  • Facilidade: geralmente as interfaces de uma solução em nuvem são intuitivas e baseadas em APIs simples. Isso facilita o processamento dessas tarefas nesse ambiente.

Invista em computação em nuvem para a Black Friday

Já deu para perceber as vantagens que a computação em nuvem vai trazer para os seus negócios, não é mesmo? Só a possibilidade de conseguir escalar os negócios para evitar a queda do seu e-commerce e perda de receita já é um motivo para você adotá-la.

Mas investir em nuvem é ter também flexibilidade porque geralmente os provedores cloud trabalham de forma as a Service num modelo pay-per-use. Ou seja, você pagará somente os serviços que for utilizado e de acordo com as demandas que o seu negócio exige.

Assim, o provedor vai ser o responsável em disponibilizar toda a estrutura para que o seu e-commerce esteja disponível para atender todas as demandas que os usuários esperam durante a Black Friday.

Até porque os clientes querem um e-commerce prático, ágil e com uma interface de navegação fácil. E com a computação em nuvem, você oferece praticidade e funcionalidades que irão ajudar a missão de realizar boas vendas e, quem sabe, a fidelização do consumidor.

Principais destaques desta matéria:

  • Computação em nuvem vai promover a disponibilidade dos serviços durante a Black Friday;
  • Tecnologia permite escalar os negócios de forma flexível e sem gastos além do orçamento;
  • Ambiente cloud permite ainda integração com outras ferramentas para impulsionar os negócios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *