Logo Embratel

Tudo sobre TI, Telecom e Mobilidade

Futurecom 2019 3 setores que podem transformar os negócios com inovação

Futurecom 2019: 3 setores que podem transformar os negócios com inovação

Inovação na indústria, telecomunicações e agronegócio é impulsionada com a adoção de diversas tecnologias. Conheça três casos de uso.

A inovação vai mudar a forma como as empresas interagem com os seus clientes e investir em tecnologia é um dos primeiros passos para isso. Mas, na prática, o cenário é de incertezas: qual solução vai trazer ganhos para os seus negócios?

No Futurecom 2019, que aconteceu de 29 a 31 de outubro em São Paulo, várias companhias levaram casos de uso que podem transformar os negócios de uma empresa.

São casos que utilizam conectividade, Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial, entre outras tecnologias que podem impulsionar a transformação digital nas empresas e mudar a forma como elas fazem negócios.

O Mundo + Tech separou três casos de uso que empresas da indústria, das telecomunicações e do agronegócio podem ter como exemplo para levar inovação aos seus negócios. Confira:

Indústria

A Nokia levou um case de como a Indústria pode ser 4.0 com conectividade LTE (4G) privada.

A empresa finlandesa apresentou uma solução fim a fim que conta com um dispositivo de Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial, sensores e um software contendo a Eficácia Geral dos Equipamentos (OEE ou Overall Equipment Effectiveness, em inglês) das máquinas monitoradas.

A solução funciona da seguinte forma:

  • Os sensores vão coletar os dados das máquinas e monitorá-las para identificar qualquer alteração de comportamento;
  • Essas informações são enviadas a um dashboard e o responsável pela área poderá acompanhar (via mobile ou desktop) o comportamento da produção e dos ativos;
  • Já a Inteligência Artificial embarcada na solução vai prever se há possíveis problemas no maquinário e começará uma inspeção automaticamente;
  • Assim, o responsável poderá decidir se é preciso ou não acionar um técnico e definir uma data para que o profissional faça a manutenção;
  • O técnico terá suporte de um smart glass e realidade aumentada para solucionar as falhas das máquinas. Assim, um especialista pode auxilia-lo remotamente a partir de um smartphone.

Como demonstrado no Futurecom 2019, a Nokia afirma que sua solução consegue prever em quantos dias as máquinas de uma indústria irão apresentar problemas de produção, a partir da combinação dos sensores IoT e da Inteligência Artificial.

Além do aumento da produtividade, a solução pode reduzir custos em duas situações: na manutenção das máquinas, já que toda a revisão poderá ser agendada com antecedência, e na disponibilidade de um especialista, uma vez que ele poderá atender remotamente.

Telecomunicações

Um a cada três brasileiros não possui conta bancária, segundo pesquisa do Instituto Locomotiva divulgada em agosto deste ano. São 45 milhões de “desbancarizados” e que movimentam, por ano, mais de R$ 800 bilhões.

Mas como as operadoras de telecomunicações podem gerar receitas com novos produtos focados neste segmento? Quem respondeu a esta pergunta foi a Ericsson.

No Futurecom 2019, a companhia apresentou a “Wallet Platform”, uma solução de carteira virtual e que já é realidade em Gana, na África.

A carteira virtual da Ericsson combina tecnologia, ferramentas e suporte regulatório (para transações entre bancos ou entre telecom e bancos, por exemplo) para que as operadoras ofertem serviços financeiros para os clientes.

Como mostrado na feira, o foco da Wallet Platform são clientes pré-pagos das operadoras, que moram em regiões fora das grandes cidades e que não possuem uma conta corrente. A solução funcionaria igual a uma recarga de celular.

Ou seja, o consumidor colocaria o dinheiro na plataforma e, além de colocar crédito na linha, ele poderia usar o resto do saldo para:

  • Pagar contas,
  • Comprar produtos,
  • Enviar dinheiro para outras pessoas (que usem a carteira virtual ou tenham conta corrente)
  • Dividir a conta de um restaurante com outras pessoas,
  • Entre outras funcionalidades.

Tudo isso a partir de tecnologias que são embarcadas na plataforma, como scanner de código de barra, QR Code e NFC (Near Field Communication, que permite a troca de informações entre dispositivos).

Outro destaque é que a operadora vai utilizar o próprio sistema de comunicação para que as transações aconteçam, sem a necessidade de um sistema terceiro para garantir a disponibilidade do serviço.

Sobre a solução, ela é hospedada da nuvem para trazer agilidade e escalabilidade para as empresas de telecom. Além disso, o API pode ser configurado de acordo com as necessidades das operadoras, que podem decidir ainda por ter o suporte da Ericsson para o desenvolvimento da plataforma.

Agronegócio

Não é novidade que muitas empresas de tecnologia e inovação têm olhado para o agronegócio. O setor é o que mais pode se desenvolver ao incorporar Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial e Machine Learning aos negócios.

No stand do beOn, hub de inovação da Claro, a iTech, distribuidora de componentes eletrônicos, mostrou uma solução de IoT para o setor. É um dispositivo conectado a vários sensores para levar informações assertivas ao agricultor.

O componente funciona da seguinte maneira: com vários sensores instalados numa fazenda, por exemplo, a solução será capaz de analisar a qualidade do solo, a temperatura do ambiente, o índice de massa de ar seco, índice de água pluvial, entre outros.

Todos esses dados são enviados para um dashboard, que faz uma análise em tempo real das informações geradas por esses sensores. Com isso, o agricultor consegue saber qual o melhor período para plantar ou realizar a colheita de uma plantação.

Outro destaque da solução é a conectividade. Durante o Futurecom 2019, a iTech mostrou o dashboard em tempo real de uma fazenda conectada com o 5G da Claro. Mas o componente pode ser embarcado com tecnologia 2G, 3G, 4G, rede privada e até mesmo Wi-Fi.

Principais destaques desta matéria:

  • Investir em tecnologias leva inovação às empresas;
  • No Futurecom 2019, muitas companhias levaram casos de uso para mostrar como tecnologia pode transformar os negócios;
  • Confira três exemplos para os setores da indústria, telecomunicações e agronegócio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *