Logo Embratel

Tudo sobre TI, Telecom e Mobilidade

LGPD vem para transformar desafios em oportunidades, aponta Cindy Compert, da IBM

CIAB 2019: LGPD vem para transformar desafios em oportunidades, aponta Cindy Compert, da IBM



Principais destaques:
– GDPR completa um ano em vigor na União Europeia;
– Para especialista, empresas brasileiras devem fazer um trabalho em equipe para se adequar à LGPD;
– Especialista cita passos iniciais para empresas que não têm recursos ou tempo;
– Proteção da marca e maior confiança do consumidor são alguns benefícios de estar dentro da lei.

O Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR, sigla em inglês) completou, no último dia 25 de maio, um ano de atuação na União Europeia. E a lição aprendida é que se adequar à lei é um “esporte de equipe, e nunca de uma pessoa só”. A afirmação é de Cindy Compert, CTO Data Security and Privacy da IBM, em palestra no CIAB FEBRABAN 2019.

“[LGPD] transforma desafios em oportunidades para o banco e outras indústrias, mas há um deadline [para o Brasil] e as empresas precisam estar atentas a isso”, comenta Compert. Ela explica que é preciso incluir um time de advogados e consultores em todos os setores de uma companhia. “Não é para pensar que eles vão resolver os problemas, mas sim para debater se as medidas tomadas pela empresa para ficar dentro da legislação vão apresentar riscos para a reputação dela e para a confiança dos clientes”, dispara.

Os passos iniciais para se adequar à LGPD

A LGPD entra em vigor a partir de agosto de 2020, mas Compert ressalta que o maior desafio não é o curto espaço de tempo: “é também a falta de recursos”. Ela pontua que as empresas podem começar a partir de alguns pensamentos:

Passo 1: Saber quais dados a empresa possui e onde eles estão armazenados;
Passo 2: Criar um time multidisciplinar para debater a LGPD;
Passo 3: Revisar as políticas de privacidade;
Passo 4: Documentar as atividades de compliance;
Passo 5: Implementar design de segurança em novos sistemas, serviços e plataformas;
Passo 6: Implementar e documentar as medidas de segurança;
Passo 7: Treinar os colaboradores.

“O benefício é conhecer os cenários de risco e obter visibilidade, já que quanto maior a transparência com o cliente, mais ele vai estar disposto a compartilhar seus dados.”

Cindy Compert

MUNDO+TECH NO CIAB FEBRABAN 2019

O Mundo+Tech está com uma cobertura especial nas palestras do CIAB FEBRABAN 2019. Clique nas matérias abaixo e saiba mais sobre o que foi debatido no maior congresso de tecnologia de informação para o setor financeiro.

>> CIAB 2019: setor bancário deve focar na experiência do consumidor para inovar
>> CIAB 2019: Bancos e financeiras apostam em IA e certificação para proteger dados
>> CIAB 2019: 5 motivos para empresas apostarem no 5G
>> CIAB 2019: Venda de seguros por canais digitais é mar aberto para investimento de bancos
>> CIAB 2019: Primeira rede blockchain do setor financeiro nacional é anunciada
>> CIAB 2019: A Inteligência Artificial como parceira da segurança de dados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *