Logo Embratel

Tudo sobre TI, Telecom e Mobilidade

Multicloud 6 motivos para sua empresa pensar em adotar essa estratégia

Multicloud: 6 motivos para sua empresa pensar em adotar essa estratégia

Principais destaques:
– Multicloud é uma solução em que a empresa pode escolher os melhores serviços e recursos de cada provedor de nuvem para se adequar aos negócios dela;
– É diferente da nuvem híbrida, quando a empresa tem a sua disposição uma infraestrutura pública e privada;
– Solução traz maior agilidade e flexibilidade aos processos da empresa;
– Confira 6 razões para sua empresa considerar a multicloud.

Investir em cloud computing pode trazer mais agilidade, disponibilidade de infraestrutura de TI, segurança, otimização de gastos e lucratividade das operações de uma empresa. Embora tenha quem esteja de olho em solução de nuvem híbrida, a multicloud também tem ganhado destaque em algumas organizações por contornar problemas como perda de dados e tempo de inatividade.

Ao contrário da nuvem híbrida — quando a empresa conta com uma infraestrutura pública de terceiros e uma privada local —, a multicloud utiliza vários fornecedores de computação em nuvem. Em outras palavras, seria como se a organização escolhesse os melhores serviços e soluções de cada um dos provedores e assim criar a solução que mais se adequa aos negócios dela.

Quais as vantagens da multicloud?

A adoção da multicloud pode trazer inúmeros benefícios às empresas, entre eles:

• Menor dependência de um único fornecedor;
• Redução de custos e riscos por conta de instabilidades;
• Aumento da produtividade nos ambientes de TI;
• Agilidade e flexibilidade dos processos;
• Customização: uso de serviços específicos de determinada nuvem;
• Baixo custo e alta escalabilidade das aplicações.

Um dos segmentos que pode se beneficiar com a multicloud é o de governo. Em uma sociedade que se torna cada vez mais participativa, é imprescindível que o setor público conte com tecnologia para inovar os processos, melhorar a qualidade dos serviços e reduzir gastos.

No fim de 2018 a Embratel venceu a licitação do governo federal para prover serviços de computação em nuvem para 12 órgãos federais (entre eles o Ministério da Fazenda, Ministério do Planejamento — hoje aglutinados no Ministério da Economia — e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa). Além de mais agilidade e segurança no acesso às informações, o Governo também terá redução de custos de aquisição e manutenção de tecnologias.

“Antes desse contrato, o Governo Federal necessitava usar Data Centers próprios para qualquer processamento ou armazenamento de dados. Com a nuvem administrada pela Embratel, ele terá mais agilidade, praticidade e maior capacidade, o que, sem dúvida, irá refletir na qualidade do serviço prestado ao povo brasileiro”, explicou Mário Rachid, diretor executivo de soluções digitais da Embratel.

Por que adotar a multicloud?

Como já dito no início do texto, a multicloud é flexível por permitir adotar as melhores soluções de cada provedor de nuvem. Na lista abaixo, o Mundo + Tech traz 6 motivos para você considerar a adoção dessa solução para sua empresa.

  1. 3 em 1: A gestão das diferentes nuvens é apenas a última etapa da entrega do multicloud. Antes disso, a solução consegue mapear o ambiente de TI — e assim indicar as nuvens para cada necessidade de uma empresa—, além de migrar/implementar essa nova estrutura.
  2. Otimização: no campo do investimento, a empresa consegue combinar, de forma competitiva, os serviços de provedores podendo pagar preços mais acessíveis por uma maior quantidade de recursos. Já no quesito infraestrutura, ter diferentes serviços e recursos de outros fornecedores facilita adequar qual processo é mais indicado para o ambiente em nuvem.
  3. Independência: a empresa não precisa mais depender de apenas um fornecedor quando adota a multicloud. Com isso, hospedar as aplicações em diversos provedores de nuvem garante mais agilidade e flexibilidade nos processos.
  4. Presença geográfica: com mais de um provedor de nuvem, a empresa tem maior opção de segmentação geográfica (poder adotar uma nuvem local, por exemplo) para garantir um melhor desempenho e evitar problemas de latência com os clientes.
  5. Segurança da informação: Perda de dados e tempo de inatividade por falha dos fornecedores são situações “comuns”. Na multicloud, esses problemas são reduzidos ao garantir alta disponibilidade e mais recursos aplicados à segurança da informação.
  6. Legislação: A multicloud também facilita a empresa a atender as regulações e leis de governos que exijam a gravação de dados em diversas regiões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *