Tulio Kehdi, da Raccoon, fala sobre LGPD e segurança dos dados na Amcham Talks 2019

3 perguntas sobre a segurança dos dados para Tulio Kehdi, da Raccoon

Os dados estão em todos os lugares. E com a Lei Geral de Proteção de Dados, as agências de publicidade precisam trabalhar em conjunto com os clientes para manter as melhores práticas e garantir a segurança das informações dos usuários. No Amcham Talks, Tulio Kehdi, fundador da agência de publicidade Raccoon, conversou com o Mundo + Tech sobre quais iniciativas a empresa tem tomado com a LGPD e a importância dos dados no cotidiano da agência.

Mundo + Tech: A Raccoon é uma agência de publicidade, mas com um foco em tecnologia. Como vocês têm olhado para a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)?
Tulio Kehdi:
A gente tem essa preocupação e começamos a tomar uma série de medidas com a ajuda de alguns advogados e de outras empresas. Também estamos conversando com os nossos clientes para entender o que eles estão fazendo também do lado deles. A LGPD afeta as agências de publicidade, mas não tão diretamente quanto os clientes. O que fazemos é dar suporte a eles para fazer as alterações necessárias enquanto, do nosso lado, estamos adequando o que foge dos padrões da nova lei.

M+T: Vocês são uma agência que contrata engenheiros para levar uma visão mais analítica aos negócios dos clientes. Vocês têm testado algoritmos, Inteligência Artificial e outras soluções?
TK:
A gente tem um time de tecnologia que nos ajuda em dois grandes blocos. Um é a automação de qualquer rotina que a gente tenha para encurtar o caminho e ganhar mais tempo para analisar as coisas com mais calma e desenvolver algo mais difícil no nosso trabalho. O outro bloco é fornecer o dado de maneira transparente para o cliente e para nossa agência. Temos também um time de BI com muitos estatísticos juntos para consolidar as informações. Já o que temos de Inteligência Artificial é para fazer algumas análises mais gerais das contas, mas não é o nosso maior aspecto do nosso trabalho.

M+T: Há uma discussão sobre quem vigia os algoritmos para que eles não sejam racistas ou sexistas. Qual a preocupação que uma agência de publicidade deve ter?
TK:
É uma pergunta bem interessante e difícil. Quando a Raccoon pensa em desenvolvimento de tecnologia, talvez a agência não esteja nesse estágio de entender qual é o viés que a gente dá para os algoritmos porque as análises que a gente faz não são baseadas no usuário, mas em grandes blocos e não sei se têm tanto espaço para o trabalho que executamos. Mas o que fazemos é integrar esse cuidado com o preconceito no processo seletivo. Então nas etapas iniciais treinamos os entrevistadores sobre o unconscious bias (estereótipos aprendidos que são automáticos, não intencionais, profundamente enraizados e capazes de influenciar o comportamento) porque você tem viés inconsciente que acaba sendo utilizado para determinar se a pessoa é boa ou não, se ela deveria trabalhar naquela empresa ou não. É algo que tomamos bastante cuidado.

Confira outras entrevistas exclusivas com os participantes do Amcham Talks 2019

Perguntas sobre inovação para André Oliveira, da Embratel
Victor Navarrete, da ACE Startups, fala sobre a corrida pela inovação na Amcham Talks 2019
Nara Zarino, do iFood, fala sobre espírito de startup na Amcham Talks
Thiago Chueiri, da PayPal, fala sobre experiência do usuário na Amcham Talks 2019
Arthur Rufino, CEO da JR Diesel, fala sobre inovação e negócios sociais na Amcham Talks 2019
Simone Kliass e Jason Bermingham falaram sobre assistentes virtuais na Amcham Talks 2019
Guilherme Leonel, da LexDesign, fala sobre como a inovação pode transformar e humanizar o direito na Amcham Talks 2019
Beia Carvalho palestra na Amcham talks 2019
Sérgio Alexandre, da PwC, fala sobre ser digital na Amcham Talks 2019
Felipe Barreiros, da Vaivoa, fala sobre como é empreender no Brasil na Amcham Talks 2019
João Maia, da Venturus
Bruno Bragazza, da Bosch, fala sobre os aprendizados que empresas podem ter com startups na Amcham Talks 2019

Foto: Matheus Campos/Amcham Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *